O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Toyota

Presidente da Toyota celebra “Apple Car”, mas faz advertência à Maçã

Surpresa: montar carros é um compromisso de longuíssimo prazo

Mais um dia, mais um alto executivo da indústria automotiva celebrando (ou… aparentando celebrar) a provável chegada da Apple ao segmento. Hoje, foi a vez da maior montadora do mundo, a Toyota, se pronunciar — por meio do seu presidente, Akio Toyoda.

Publicidade

Segundo o Wall Street Journal, em uma coletiva de imprensa realizada hoje, Toyoda afirmou que “não tem problemas” com o prospecto do “Apple Car”, adicionando que a chegada da Maçã à indústria automotiva é uma ótima oportunidade para dar um sopro de ar fresco no segmento e dar aos consumidores um maior leque de opções.

Até aí, nada muito diferente do que os executivos da Volkswagen e da BMW já disseram. Toyoda, entretanto, foi além — e reservou alguns segundos também para compartilhar algumas palavras de sabedoria (ou escárnio, dependendo da forma como você veja) à Apple:

Qualquer um pode fazer um carro se tiver a capacidade técnica para isso, mas uma vez com o carro feito, eu espero que eles saibam que terão de lidar com 40 anos de respostas aos consumidores e uma sucessão de mudanças.

Em outras palavras, o que Toyoda quer dizer é que entrar no mundo dos automóveis não pode ser uma aventura: se a Apple quiser perseverar nos veículos motorizados, terá que assumir um compromisso de muito longo prazo. A frase tem um peso especial vindo da Toyota, que já monta carros há 83 anos e não pode reclamar de falta de experiência no ramo.

Publicidade

Vale lembrar que a Toyota já desprezou nomes recém-chegados à indústria automotiva: no ano passado, o mesmo Toyoda afirmou que a Tesla “não era uma montadora real”, classificando-a mais como um sonho do que como uma empresa de fato dedicada à indústria. Alguns meses antes, a Tesla tinha superado o valor de mercado da gigante japonesa.

Quanto à Apple, deve estar sendo divertido para a equipe do “Projeto Titan” acompanhar as reações do mercado dos automóveis ao seu futuro début no segmento. Resta sabermos quando é que isso vai acontecer.

via iMore

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
MacBook com marca do chip M1 (Apple Silicon)

Desgaste do SSD em Macs M1 pode não ser tão preocupante assim

Próximo Artigo

Command Browser é um navegador à parte que soma estética e utilidade

Posts Relacionados