O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Ícones do WhatsApp, do Facebook e do Instagram
Tilt

Instagram lidera entre apps que mais coletam dados no iOS

Facebook e LinkedIn também são comilões; Netflix e Telegram vão bem

Os quadros de “dados nutricionais” da App Store chegaram para nos dar uma visão mais ampla e clara das informações pessoais coletadas por cada aplicativo disponível na loja. Além disso, eles são uma forma bem interessante de estabelecermos critérios de comparação — e sabermos, ainda que por alto, quais apps são mais famintos e quais são mais frugais em relação aos nossos dados.

Publicidade

Pensando nisso, a empresa de armazenamento em nuvem pCloud criou recentemente um ranking com alguns dos aplicativos mais populares na App Store. O propósito é simples: analisar quais tipos de dados são coletados por cada um deles para ranqueá-los entre os mais e menos amigáveis.

Vejam o resultado:

pCloud sobre apps mais e menos amigáveis com dados dos usuários

Sem muitas surpresas, a dupla dinâmica de Mark Zuckerberg (Instagram e Facebook) liderou o ranking com honras: o primeiro coleta nada menos que 79% de todos os tipos de dados classificados pela Apple, enquanto o segundo captura 57%. Por ser uma lista mais focada em apps populares nos Estados Unidos, o WhatsApp não foi computado, mas ele também coleta sua boa dose de dados, como é possível ver na App Store.

Outros apps comilões incluem LinkedIn, Uber Eats, YouTube (e YouTube Music), Duolingo e TikTok, todos acima dos 40% na métrica. Reddit, Snapchat, Spotify, Amazon Prime Video, Tinder e Twitter ficam numa posição intermediária, na casa dos 20%.

Publicidade

A pCloud listou também apps populares que não coletam nenhum tipo de dado com o objetivo de vendê-lo a terceiros para direcionar anúncios ao usuário — portanto, teoricamente, os aplicativos mais amigáveis com as suas informações pessoais. A lista inclui nomes deveras populares, como Netflix, Skype, Clubhouse, Signal, Telegram, Zoom e Discord.

pCloud sobre apps mais e menos amigáveis com dados dos usuários

Obviamente, é bom considerar que todos os dados utilizados para a montagem do ranking são autodeclarados — a política da Apple, que já causou polêmica, é de permitir que cada desenvolvedor passe as informações de captura dos seus apps sem grandes supervisões. Ou seja, a lista está sujeita a imprecisões, embora seja razoável acreditar que apps maiores, desenvolvidos por grandes empresas, sofram um escrutínio maior e tenham mais responsabilidade na divulgação desses dados.

A pesquisa completa da pCloud, que traz ainda rankings alternativos sobre como cada app utiliza seus dados, pode ser vista aqui.

via Tom’s Guide

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

COVID-19: Mapas da Apple agora exibem locais de vacinação nos EUA

Próximo Artigo
Homem usando Telegram em um iPhone

Salto do Telegram gera dívidas; app precisa de US$700 milhões até abril

Posts Relacionados