O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Chrome ganha recurso de legendas automáticas universais

Por enquanto somente em inglês, mas desde já um belo avanço
Legendas automáticas (Live Captions) no Google Chrome

Legendas automáticas estão entre os recursos de acessibilidade mais importantes da internet hoje em dia, e é sempre bom ver a adoção (e o aprimoramento) de ferramentas do tipo por plataformas como Google Meet e Instagram. Agora, enfim, o Chrome está dando um passo além.

Publicidade

Digo isso porque o navegador do Google começou a lançar o seu recurso Live Captions em todas as plataformas. A ferramenta, antes disponível somente em alguns smartphones Pixel e Galaxy, permite que o Chrome capture qualquer tipo de áudio sendo reproduzido no navegador — um vídeo, um podcast, uma entrevista ou qualquer coisa que envolva fala, até mesmo chamadas de áudio/vídeo — e ofereça legendas automáticas ao usuário.

As legendas aparecem em uma pequena caixinha que você pode movimentar pela janela do browser e a coisa funciona mais ou menos como a ferramenta de reconhecimento de fala do YouTube — isto é, a transcrição aparece com um pequeno atraso e é sujeita a alguns erros (especialmente com falas muito rápidas ou fora do padrão), mas ainda assim o recurso é extremamente bem-vindo.

Um aspecto muito interessante das Live Captions é que elas funcionam mesmo com o áudio no mudo, então o recurso servirá também para pessoas que queiram “ouvir” vídeos ou podcasts sem incomodar as pessoas nas proximidades — mesmo que você não tenha um fone de ouvido por perto. O recurso também funciona offline, então você pode abrir áudios e vídeos salvos no seu computador e desfrutar das legendas automáticas mesmo sem uma conexão.

A ferramenta já está disponível no Chrome 89 para macOS, Windows e Linux (o Chrome OS ganhará suporte em breve) e pode ser ativada na área de configurações do navegador, indo até a seção Avançado » Acessibilidade. Por ora, as Live Captions funcionam apenas em inglês, mas fica a torcida para que o Google expanda a função rapidamente — acessibilidade, afinal de contas, nunca é demais.

via XDA-Developers

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
FlickType no Apple Watch

Criador do teclado FlickType processa Apple por monopólio

Próximo Artigo
Maya Rudolph

Apple TV+ terá série de comédia estrelada por Maya Rudolph

Posts Relacionados