O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Tim Cook clama por “futuro esperançoso” e apela ao Congresso

Tim Cook
Laura Hutton / Shutterstock.com

O CEO1 da Apple, Tim Cook, escreveu um artigo para o Wall Street Journal, publicado nesta semana, no qual clama por “mais ações contra o racismo sistêmico” e a necessidade de a sociedade discutir o impacto desproporcional que a pandemia do novo Coronavírus (COVID-19) teve nas comunidades minoritárias.

Publicidade

Segundo o executivo, uma situação como a pandemia que enfrentamos deveria, na teoria, afetar todos nós igualmente. Para ele, porém, não é isso que ocorre.

Em nossas comunidades, todos os encargos — desde as taxas de infecção à adversidade econômica e os desafios da aprendizagem virtual quando as escolas são fechadas — recaem mais pesadamente sobre aqueles para quem a verdadeira equidade sempre esteve mais longe de ser alcançada.

Cook também ressaltou que é uma responsabilidade coletiva garantir que, no futuro, “todos os indivíduos, comunidades, empresas e governos façam tudo o que puderem para garantir um futuro esperançoso e durável para todos”.

Quando a pandemia acabar, não podemos simplesmente presumir que a cura [do racismo sistêmico] vai vir. Cabe a todos nós — indivíduos e comunidades, empresas e governos — garantir que o que vem pela frente não seja apenas o fim de uma doença, mas um futuro durável e esperançoso para todos os que se sacrificaram e suportaram esse período sem precedentes.

O executivo finalizou com uma mensagem de esperança, dizendo que ele espera que a pandemia “tenha nos ensinado que é necessário se posicionar e que uma longa história de injustiça não deve ser usada como desculpa para não fazer nada”.

Diz o velho ditado que a melhor época para plantar uma árvore era há 20 anos, mas a segunda melhor época é agora. Nossas vidas neste planeta são preciosas e passageiras, e o destino tem um jeito de nos lembrar que a sociedade é tão forte quanto aqueles que, por muito tempo, foram esquecidos e desvalorizados.

Apelo ao Congresso

Por falar em comunidades e desigualdade, o chefe da Maçã também apelou nesta semana para que legisladores americanos aprovem os projetos de lei (American Dream e Promise Act) que defendem a reforma migratória nos Estados Unidos a fim de resolver a situação dos chamados “Dreamers”, jovens imigrantes que estão ameaçados.

O American Dream e o Promise Act são promessas a serem cumpridas para os mais de 450 Dreamers da Apple e de todo o país. Instamos o Congresso que aprove uma legislação que forneça segurança aos Dreamers, que reivindicam com razão a América como seu lar.

Cook fez o pedido em uma carta escrita em nome da Business Roundtable, uma organização de líderes empresariais americanos.

À medida que os projetos de leis avançam no Congresso, a Business Roundtable pede que legisladores priorizem soluções bipartidárias e práticas para consertar “o sistema de imigração quebrado” dos EUA, além de fazer cumprir o Estado de Direito e responder aos desafios urgentes que o país enfrenta.

via MacRumors, CNBC

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Tim Cook no Apple Park

Tim Cook diz estar ansioso para retomar trabalho presencial

Próximo Artigo
Instagram

Instagram terá versão para crianças com menos de 13 anos

Posts Relacionados