O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

App Store
IB Photography / Shutterstock.com

Apple se diz “surpresa” com reclamações de desenvolvedores na Austrália

Como temos informado, a Apple está sendo alvo de um turbilhão de reclamações (em diversas regiões e países) centradas na App Store. Na Austrália, a companhia disse, inclusive, que está “surpresa” com as reclamações de desenvolvedores, principalmente no que tange ao processo de revisão de aplicativos.

Publicidade

Vale lembrar que, em setembro do ano passado, a Comissão Australiana de Concorrência e Consumidores (Australian Competition and Consumer Commission, ou ACCC) passou a investigar tanto a ‌App Store‌ quanto o Google Play para “examinar as experiências de consumidores, fornecedores e desenvolvedores na Austrália”.

A comissão está preparada para lançar seu parecer baseado em entrevistas com clientes e desenvolvedores no dia 31 de março. Contudo, em um aparente esforço de última hora para amenizar as preocupações do órgão, a Apple forneceu mais algumas informações em torno da ‌App Store‌ e do processo de revisão de aplicativos.

Entre as informações fornecidas, a Apple afirmou que seu sistema de revisão de aplicativos é um “processo conduzido por humanos” e que todos os revisores garantem que os aplicativos “sejam confiáveis, tenham o desempenho esperado, respeitem a privacidade do usuário e estejam livres de conteúdo questionável”.

Publicidade

Se um aplicativo for rejeitado, a Apple também aponta que fornece ao desenvolvedor informações sobre o motivo da rejeição, o qual tem a oportunidade de entrar em contato com o membro da equipe da Apple que avaliou o aplicativo. Caso o desenvolvedor siga insatisfeito, ele pode abrir um pedido para uma averiguação mais aprofundada.

Quanto às acusações de que “explora o processo de revisão de aplicativos para manter uma posição dominante em certas áreas ou categorias de aplicativos”, a Apple afirmou que seu objetivo é proteger consumidores de “aplicativos fraudulentos, não funcionais, maliciosos ou de golpes”. Ainda de acordo com a companhia, “é fundamental, para o processo de revisão, a proteção da privacidade e segurança dos consumidores”.

Veremos se a tentativa da Maçã de apaziguar a situação surtirá efeito quando a ACCC divulgar seu parecer sobre a App Store.

via ZDNet

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Vídeo: como resetar os AirPods [Pro/Max]

Próximo Artigo
Apple para o Dia Mundial da Água

Apple já economizou 156,3 bilhões de litros de água limpa

Posts Relacionados