O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Conceito de iOS 15 por Parker Ortolani

iOS 15: conceito traz 50 ideias de como a Apple poderia aprimorar o sistema

Apple, comece a anotar

Ainda teremos de aguardar alguns meses antes de sabermos as cartas que a Apple tem nas mangas para o iOS 15. Isso não significa que nós não possamos imaginar, desde já, que recursos e funcionalidades seriam interessantes na próxima geração do sistema operacional móvel da Maçã.

Publicidade

Pois o designer Parker Ortolani meteu a mão na massa para criar um verdadeiro tratado de novidades para a futura atualização. Publicado no 9to5Mac, o conceito traz mais de 50 ideias de como o iOS 15 poderia tornar a experiência de usar um iPhone ainda mais simples, completa e poderosa.

Conceito de iOS 15 por Parker Ortolani

As mudanças começariam já na tela inicial — que, segundo Ortolani, ganharia um polimento de algumas das novidades introduzidas no iOS 14. Seria possível, por exemplo, redimensionar widgets já existentes ou reorganizar as páginas de apps, apagando as indesejadas. Ao abrir o Spotlight, o sistema exibiria uma lista completa de todos os seus aplicativos em ordem alfabética.

Conceito de iOS 15 por Parker Ortolani

A privacidade de usuários também seria (ainda mais) aprimorada, com uma tela exibindo os “dados nutricionais” sempre que um app fosse atualizado — garantindo, assim, que os usuários sempre estivessem por dentro da captura de informações de cada aplicativo.

O app FaceTime ganharia a opção de agendar chamadas (inclusive com a possibilidade de ligá-las a eventos do calendário e compartilhá-las com outros IDs Apple) e de compartilhar a tela do iPhone/iPad. Já o aplicativo Bolsa permitiria aos usuários cadastrar suas posições e teria uma API1 para conexão com apps financeiros populares.

O Tempo, por sua vez, teria um novo design inspirado nos widgets, com dados de múltiplos locais, e informações importadas do Dark Sky (com direito às famosas notificações de chuva do app comprado pela Apple). E o aplicativo Casa teria uma aba específica para o HomePod/HomePod mini, com controles para cada um dos seus alto-falantes, histórico de pedidos da Siri e um feed ao vivo do áudio de cada dispositivo.

Seguindo com a cachoeira de novidades, o teclado ganharia uma aba de emojis favoritos e uma opção de feedback háptico ao “pressionar” as teclas. Já as Chaves do iCloud ganhariam um aplicativo próprio, transformando-se num gerenciador de senhas mais apto e proativo — com direito a um sistema de organização inteligente, cópia rápida de senhas e autenticação de dois fatores embutida.

Querem mais? Tem mais: os iPhones 12 e posteriores ganhariam uma tela de configuração para acessórios MagSafe, permitindo ligar/desligar as animações de conexão de acordo com o acessório, ver todos os dispositivos conectados e checar as informações de cada um deles. Os smartphones também ganhariam um modo Nightstand próprio para ser usado em bases de carregamento do estilo pedestal.

O que acharam?

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Operadoras no iPhone

Puxada pelo iPhone, adoção do eSIM deverá crescer 180% até 2025

Próximo Artigo
Programa de Reparo Independente da Apple

Programa de Reparo Independente da Apple chega ao Brasil e a mais países

Posts Relacionados