O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Programa de Reparo Independente da Apple

Programa de Reparo Independente da Apple chega ao Brasil e a mais países

Boa notícia para brasileiros! Lançado em 2019 nos Estados Unidos e expandido em 2020 para a Europa e o Canadá, o Programa de Reparo Independente da Apple (Independent Repair Provider Program) está agora chegando ao Brasil e em muitos outros países!

Publicidade

Com essa expansão, o programa ficará disponível em mais de 200 países, cobrindo basicamente quase todos as regiões onde a Apple atua. Todas as assistências participantes do programa têm acesso a treinamento gratuito da empresa e às mesmas peças, ferramentas, manuais de reparo e diagnósticos que os Centros de Serviço Autorizados Apple e as Apple Stores.

Não há custo para participar do programa. Para se qualificar, as assistências precisam se comprometer a ter um técnico certificado pela Apple para realizar os consertos. O processo de certificação, segundo a companhia, é simples e gratuito. Assistências qualificadas podem comprar peças e ferramentas genuínas da Apple pelo mesmo preço que os CSAAs, vale notar.

Ainda de acordo com a Apple, a partir desta semana, assistências dos seguintes países poderão se inscrever no programa: Afeganistão, África do Sul, Arábia Saudita, Austrália, Bangladesh, Brasil, Brunei, Butão, Camboja, Coreia, Emirados Árabes Unidos, Fiji, Filipinas, Guam, Hong Kong, Ilhas Cook, Índia, Indonésia, Japão, Laos, Macau, Malásia, Maldivas, Mianmar, Mongolia, Nepal, Nova Zelândia, Papua Nova Guiné, Paquistão, Rússia, Singapura, Sri Lanka, Tailândia, Taiwan, Tonga, Turquia, Vanuatu e Vietnã.

Durante o resto de 2021, o programa chegará também às seguintes regiões: Albânia, Argélia, Angola, Anguilla, Antilhas Holandesas, Antígua e Barbuda, Argentina, Armênia, Aruba, Azerbaijão, Bahamas, Bahrein, Barbados, Bielorrússia, Belize, Benin, Bermudas, Bolívia, Bósnia e Herzegovina, Botsuana, Burkina Faso, Burundi, Camarões, Cazaquistão, Chade, Chile, China, Colômbia, Comores, Costa do Marfim, Costa Rica, Curaçao, Djibouti, Dominica, Equador, Egito, El Salvador, Eritreia, Etiópia, Gabão, Gâmbia, Gana, Geórgia, Gibraltar, Granada, Guatemala, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, Guiana, Haiti, Honduras, Ilhas Cayman, Ilhas Turks e Caicos, Ilhas Virgens Americanas, Ilhas Virgens Britânicas, Ilhas Virgens Espanholas, Iraque, Israel, Jamaica, Jordânia, Mali, Mauritânia, Maurícia, Mayotte, México, Moldávia, Montenegro, Montserrat, Marrocos, Moçambique, Namíbia, Nicarágua, Níger, Nigéria, Macedônia do Norte, Omã, Palestina, Panamá, Paraguai, Peru, Porto Rico, Quênia, República Centro-Africana, República da Guiné, República Democrática do Congo e República do Congo, República Dominicana, Ruanda, Senegal, Sérvia, Seychelles, Serra Leoa, São Martinho, Somália, Sudão do Sul, St. Barthelemy, St. Kitts e Nevis, St. Lucia, St. Martin, Saint-Pierre e Miquelon, St. Vicente e Granadinas, Suriname, Tajiquistão, Tanzânia, Togo, Trinidad e Tobago, Tunísia, Turcomenistão, Uganda, Ucrânia, Uruguai, Uzbequistão, Venezuela, Wallis e Futuna, Zâmbia e Zimbábue. Ufa! 😅

Para verificar se uma empresa participa do Programa de Reparo Independente da Apple, visite essa página.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Conceito de iOS 15 por Parker Ortolani

iOS 15: conceito traz 50 ideias de como a Apple poderia aprimorar o sistema

Próximo Artigo

Vídeo: testando o Autopilot do Tesla Model 3 (com Nuno Luz)

Posts Relacionados