O melhor pedaço da Maçã.

Estudo avaliará se Apple Watch pode detectar COVID-19

Katya Rekina / Shutterstock.com
Medindo a oxigenação no sangue com o Apple Watch

Logo após o anúncio do Apple Watch Series 6, no ano passado, comentamos que a Maçã estava se preparando para lançar um estudo para avaliar como as mudanças no nível de oxigênio do sangue e na frequência cardíaca podem representar sinais precoces da COVID-19.

Publicidade

Agora, pesquisadores do Seattle Flu Study e da Universidade de Washington estão se unindo à Apple para entender como o relógio, ou mesmo o iPhone, podem ser usados para prever doenças como a COVID-19. Para isso, eles estão abrindo o estudo para a inscrição de participantes, os quais receberão um Apple Watch.

O estudo se concentrará em Seattle (Washington), uma vez que residentes de lá “podem ter um risco maior do que o normal de terem doenças respiratórias devido à exposição frequente por meio do trabalho ou de outras atividades, condições de saúde, entre outros fatores”.

É esperado que o estudo dure até seis meses. Nesse tempo, participantes deverão responder periodicamente às perguntas da pesquisa no aplicativo Apple Research.


Ícone do app Apple Research
Apple Researchde Apple
Compatível com iPhonesCompatível com Apple Watches
Versão 5.0.2 (91.8 MB)
Requer o iOS 15.0 ou superior
🇺🇸 Indisponível na App Store brasileira!
GrátisBadge - Baixar na App StoreCódigo QR Código QR

Se os participantes adoecerem durante o estudo, eles receberão um kit de teste domiciliar para COVID-19 e “outras doenças respiratórias” — entretanto, isso provavelmente ajudará o estudo ainda mais, já que os participantes doentes serão solicitados a fazer medições adicionais de saúde usando o Apple Watch.

Publicidade

Vale notar que um estudo anterior independente, realizado por pesquisadores do Mount Sinai, descobriu que o Apple Watch pode “prever efetivamente um diagnóstico positivo de COVID-19 até uma semana antes dos atuais testes baseados em PCR (swab de nasofaringe)”, o que pode ser reforçado pelas prósperas descobertas da nova pesquisa.

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão sobre vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

via iMore

Ver comentários do post

Compartilhe este artigo
URL compartilhável
Post Ant.

Apple TV+: elenco da comédia “Acapulco” ganha novos nomes

Próx. Post

Google Meet ganha recurso para economizar dados e bateria

Posts Relacionados