O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Padrão aberto de automação doméstica chegará ainda este ano

Trata-se de uma colaboração entre Apple, Amazon, Google e várias gigantes do setor
Apple HomeKit

No ano passado, falamos aqui sobre o projeto Casa Conectada sobre IP (Connected Home over IP), um novo padrão de automação doméstica de código aberto cujo desenvolvimento tem participação da Apple, do Google, da Amazon, da IKEA, da Samsung e de outras empresas importantes do setor.

Publicidade

Pois recentemente, a Zigbee Alliance (consórcio que reúne parte dessas empresas e está liderando a iniciativa) compartilhou alguns updates sobre o projeto. Primeiramente, ele tem um novo nome: Projeto CHIP, um acrônimo da nomenclatura anterior. Além disso, espera-se que as fabricantes possam lançar os primeiros produtos já certificados para o novo padrão até o fim deste ano.

Inicialmente, o padrão cobrirá dispositivos como lâmpadas, cortinas, sistemas de climatização, TVs, fechaduras, portas de garagem, sistemas de segurança e roteadores. Com o tempo, outras categorias serão adicionadas ao protocolo — a ideia, como já dissemos, é criar um padrão que permita que todos os seus dispositivos inteligentes “se entendam”, independentemente da fabricante ou da central à qual estão conectados (como o HomeKit ou a Alexa).

Para isso, o Projeto CHIP se baseará em três formas de comunicação: o Bluetooth LE (Low-Energy) para configuração, o Wi-Fi para dispositivos que exigem uma maior largura de banda, e a rede mesh Thread para transmissões mais básicas, que não exigem grande quantidade de dados. Essa última ainda está em fase de implementação — o HomePod mini é um dos primeiros dispositivos já integrados à tecnologia.

Publicidade

Novos produtos lançados com suporte à tecnologia poderão se conectar à rede de forma avulsa, mas segundo a Zigbee, dispositivos já existentes também poderão funcionar com o padrão por meio de adaptadores e acessórios, como pontes e hubs.

Obviamente, tudo ainda está em fase de desenvolvimento e novos atrasos poderão surgir (basta lembrar que o projeto já foi adiado em quase um ano por conta da pandemia). Ainda assim, fica o prospecto para um futuro ainda mais conectado, inteligente e simples para as nossas casas.

via The Verge

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Apple Music

Apple Music paga um centavo por stream, o dobro do Spotify

Próximo Artigo
Moderation, app de diário alimentar para iOS

App de diário alimentar, Moderation tem design inteligente e abordagem simples

Posts Relacionados