O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

iOS 14.5: Apple mostra como o sistema antirrastreamento funciona [atualizado]

O Transparência do Rastreamento de Apps (App Tracking Transparency, ou ATT) é, sem dúvida, uma das grandes novidades do iOS/iPadOS 14.5, liberado hoje pela Apple.

Publicidade

E, para esclarecer o assunto de uma vez por todas, a empresa veiculou um novo vídeo explicando exatamente o que o recurso faz.

A Transparência no Rastreamento em Apps permite que você escolha quais aplicativos podem rastrear suas atividades em sites e apps de outras empresas. 

Na prática, como sabemos, a Apple está dando ao usuário a escolha de permitir ou não que esse rastreamento aconteça — antes, esse poder estava nas mãos das empresas em si.

Craig Federighi, chefão de software da Apple, foi entrevistado por Joanna Stern (do Wall Street Journal) sobre o assunto e disse:

Na verdade, só queremos dar aos usuários uma escolha. Esses dispositivos são uma parte tão intima das nossas vidas e contêm muito do que pensamos e onde estivemos e com quem estivemos, que usuários merecem e precisam do controle dessas informações. Os abusos podem variar de assustadores a perigosos.

Eis o vídeo da entrevista:

De acordo com os dados da agência de análise AppsFlyer, pouco mais de ⅔ dos consumidores rejeitarão esse tipo de rastreamento — indicando que o movimento da Apple fará diferença na privacidade do usuário e, é claro, no mercado de publicidade. Os dados são baseados na análise de cerca de 300 apps em 2.000 dispositivos.

A própria Apple já deu sugestões a anunciantes, mas é claro que esse mercado terá que se reinventar com o lançamento do iOS/iPadOS 14.5 — e eu não tenho dúvidas de que isso acontecerá.

Atualização, por Rafael Fischmann27/04/2021 às 06:38

A Apple divulgou uma versão do vídeo localizada em português, substituímos acima.

Para quem preferir a original em inglês, aqui está:

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
MacBook Air M1 rodando o macOS Big Sur

Falha no macOS dava "carta-branca" para apps maliciosos

Próximo Artigo
YouTube no iPhone

YouTube adiciona novas opções de resolução de vídeo no iOS

Posts Relacionados