O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Logitech Circle View

Review: Logitech Circle View, câmera de segurança HomeKit

Há algumas semanas, eu venho testando a Logitech Circle View, câmera de segurança com suporte ao protocolo HomeKit.

Publicidade

Antes de entrar em todos os detalhes da câmera, acho válido compartilhar com vocês a minha pequena história envolvendo essa categoria de acessórios.

Minha experiência com câmeras

Há alguns bons anos, quando eu me mudei para um apartamento por conta da chegada da minha primeira filha, resolvi colocar câmeras em basicamente todos os cômodos. Na época (quando o HomeKit ainda engatinhava), optei por uma solução da Intelbras composta por algumas câmeras externas/internas e um DVR.

Bem, a minha experiência não foi das melhores: nesse período, a fonte do DVR já queimou, o HDD já pifou, uma das câmeras (externas) ficou com a imagem para lá de ruim (embaçada)… sem falar na dor de cabeça que é configurar tudo quando você troca de roteador, já que essas câmeras envolvem redirecionamento de porta e algumas coisas mais técnicas que qualquer pessoa leiga passa longe, mas longe de saber.

Para completar, hoje em dia não há uma forma de controlar e visualizar essas câmeras pelo macOS (o app que existia parou em 32 bits e não é mais compatível com os novos sistemas); já no iOS o app é bem ruim, dificultando a visualização de todas as câmeras e a navegação para o momento exato que você quer ver a gravação.

Posso dizer que mudei a experiência completamente ao testar a Logitech Circle View, A câmera é infinitamente mais simples de configurar e usar. E, por ser completamente integrada aos sistemas operacionais da Apple — sim, a todos eles (iOS, iPadOS, macOS, watchOS e tvOS) —, você tem acesso rápido às imagens independentemente do dispositivo utilizado. Para completar, podemos fazer configurações a automações bem interessantes, as quais explicarei mais abaixo.

Vamos começar pelo básico: as especificações.

Especificações

A câmera é compatível com redes de 2,4GHz, no padrão IEEE 802.11b/g/n, e tem uma lente de vidro com campo de visão diagonal de 180 graus. Ela tem 5,6cm de altura, 6,7cm de largura (na posição fechada) e 7cm de profundidade (também fechada), pesando 253 gramas.

Logitech Circle View

Ela filma em 1080p (ou seja, Full HD) no formato 16:9 e conta com visão noturna (baseada em luz infravermelha, acionada automaticamente com base no sensor de luz ambiente na frente da câmera) — na frente dela, dois LEDs infravermelhos fornecem iluminação com alcance de até 4,5 metros em áreas desobstruídas.

Ela conta com o selo IP64 (proteção total contra a entrada de pó e resíduos e contra spray de água de qualquer direção) e pode ser usada em ambientes com temperatura de -20°C a 50°C (40°C com iluminação de visão noturna ativada).

Publicidade

Para completar o pacote, temos microfone MEMS digital e caixas de som mono (explicarei para o que eles servem mais abaixo).

Dentro da caixa você encontrará a câmera em si, o cabo de alimentação de 3m, a fonte de alimentação USB, o material de montagem (placa de montagem, presilhas para cabos, parafusos e buchas) e um guia de início rápido.

Onde posso usar?

Você pode usar a Logitech Circle View como eu, em uma prateleira/mesa apenas posicionando a câmera e ligando na tomada. Mas caso queira um uso um pouco mais elaborado, em uma parede ou no teto, saiba que é perfeitamente possível — desde que você use as ferramentas que acompanham o produto na caixa.

A orientação/inclinação/rotação da câmera em si é bem simples de ajustar, bastando mover a base da câmera, virando a cabeça da câmera para cima/baixo ou girando a cabeça da câmera.

Privacidade

Quer privacidade por alguma razão? Basta abaixar a cabeça da câmera para que ela “filme o chão” ou apertar o botão que fica localizado na parte traseira dela para desligá-la.

Logitech Circle View

Configuração

Um dos pontos positivos de um produto compatível com HomeKit é a configuração. Diferentemente da minha experiência anterior, que envolvia redirecionamento de portas e apps de qualidade questionáveis, com a Circle View eu precisei apenas ligar a câmera na tomada, adicioná-la ao app Casa (Home), escanear o código que vem nela (no guia rápido ou na base da própria câmera) e… pronto. É fácil assim.

Logitech Circle View

Para não dizer que foi tudo 100%, ao mesmo tempo em que eu estava testando a câmera eu também estava experimentando o sistema mesh da Tenda (Nova MW6) e tive que trocar a rede Wi-Fi que a câmera tinha acesso. Nesse momento, ao resetá-la, não consegui adicioná-la ao app Casa escaneando o código (por algum motivo obscuro) e tive que fazer o processo de forma manual — ainda assim, muito simples, apenas inserindo o código numérico disponível ao lado do código QR.

Mas, no geral, é uma coisa bem simples que qualquer pessoa consegue fazer.

Experiência HomeKit

Eu não acho o app Casa muito intuitivo — e é bom frisar que isso não em nada a ver com a Logitech, mas com o que a Apple imaginou para o seu ecossistema doméstico inteligente.

Nesse ponto, após adicionar a câmera ao app, as coisas podem ficar um pouco mais difíceis para quem não tem muita familiaridade com o iOS ou com tecnologia. Ainda assim, nada que uma boa fuxicada não resolva.

A parte ótima é que a câmera fica ali, disponível logo de cara. Você abre o app Casa e se depara com seus acessórios e com a imagem dela, abaixo. A imagem em si é estática, atualizada de dez em dez segundos. Ao tocar nela, aí sim você é levado à transmissão ao vivo.

Logitech Circle View

Nessa tela da imagem ao vivo, você pode fazer algumas coisas. Começando por cima (lado esquerdo), temos o botão de fechar e voltar para a tela inicial do app Casa; ao lado, um para colocar o vídeo em modo Picture-in-Picture (PiP); e, mais ao lado, um para acessar as configurações da câmera.

No lado direto, temos um botão para colocar o som em mudo; em baixo, um escrito “Falar” (que lhe permite falar alguma coisa para quem está ao lado da câmera escutar, bem parecido com o recurso Interfone dos HomePods).

Ao deslizar o dedo da esquerda para a direita na barra inferior, você tem acesso às gravações da câmera; há ainda dois botões logo acima da barra deslizante, um para você compartilhar suas gravações e outro que lhe dá acesso rápido a outros dispositivos (favoritos) cadastrados no app Casa.

Ajustes da câmera

É aqui que a Circle View me ganhou. As possibilidades que ela oferece atreladas ao protocolo HomeKit fazem dessa câmera um produto bem superior às câmeras da Intelbras que tenho instaladas em casa — mesmo eu me considerando uma pessoa que faz uso básico de dispositivos assim.

Opções de Gravação

Gravar tudo a todo momento tem o seu lado bom (como as minhas câmeras da Intelbras, ligadas a um DVR com um HDD de 1TB). Mas eu, particularmente, prefiro muito mais a forma como a Circle View funciona.

Quando eu estou em casa — e como eu fico basicamente no local que ela filma (que engloba o meu escritório) —, optei por apenas transmitir o vídeo. Nesse caso, não há como recuperar imagens (olhar a gravação), mas eu e a minha esposa podemos entrar no app Casa e olhar o que está acontecendo, ao vivo.

Já quando eu estou ausente, aí sim optei por gravar. Mas apenas em alguns cenários, como a imagem abaixo mostra.

Logitech Circle View

Por ser uma câmera interna, escolhi a opção de gravar quando um movimento específico (no caso, uma pessoa) for detectado. Veja que a câmera também permite gravar o áudio.

Sobre a disponibilidade do vídeo em si, a gravação fica armazenada no iCloud por 10 dias. Se você tem um plano de 200GB do iCloud, tem direito a uma câmera; caso tenha o plano de 2TB (meu caso), pode ter até cinco câmera compatíveis com o HomeKit sem nenhum custo adicional. Vale notar que as gravações não são consideradas no seu limite de armazenamento do iCloud. 😅

Reconhecimento Facial

Mas isso não é tudo. Saindo dessa área e indo em Reconhecimento Facial, você pode habilitar para que a câmera reconheça os rostos de familiares e pessoas que possam entrar na sua casa com alguma frequência (como parentes, babá, diarista, etc.).

Logitech Circle View

E ao marcar um rosto como conhecido, você pode ocultar avisos relacionados a ele. Ou seja, dessa forma a câmera não vai ficar lhe notificando ou gravando um novo vídeo toda a vez que a sua filha passar na frente da câmera e você não estiver em casa, por exemplo.

Zonas Ativas

Você pode também delimitar uma zona na área capturada pela câmera, a fim de monitorar apenas um determinado espaço em vez de tudo o que ela consegue capturar — ideal, por exemplo, se você usa uma câmera na entrada do seu apartamento e não quer pegar o corredor atrás onde passam várias pessoas durante o dia, focando apenas na sua porta. 😉

Notificações

Veja, abaixo, todas as opções que a câmera oferece.

Logitech Circle View

Lembrando que, como eu configurei para a câmera gravar um vídeo apenas quando um movimento/pessoa for detectado (e que não sejam pessoas conhecidas), a ideia é que eu raramente receba uma notificação sobre isso no iPhone.

Ainda assim, se um inseto passar na frente da câmera, saiba que ela gravará e você será notificado! 😛

Logitech Circle View

Pode ser que você se irrite um pouco com as muitas notificações envolvendo a disponibilidade da câmera.

Logitech Circle View

Obviamente, é importante saber se a câmera está ou não funcionado. Mas aqui, infelizmente, ela fica alternando com uma certa frequência — no meu caso, eu acredito que isso esteja acontecendo por uma instabilidade bem grande na minha rede mesmo, não sendo culpa da Circle View em si — quem acompanha as nossas gravações do MacMagazine no Ar já viu que sofro um pouco quando o assunto é internet.

Ao tirar a câmera da tomada, você também é notificado (online/offline):

Logitech Circle View

As notificações de alteração de estado são para informar quando a câmera passa do modo transmitir para o de gravação.

Logitech Circle View

Já a opção de permitir capturas é para que você visualize a imagem do que está acontecendo na própria notificação, como no caso do inseto que eu mostrei aí em cima.

Automações

Há ainda a possibilidade de criar automações — explorando outros aparelhos inteligentes que você tenha, como luzes, trancas, etc. — de acordo com “gatilhos” da câmera. Como eu tenho poucos acessórios do tipo, essa opção aqui não faz muito sentido e eu não estou usando ela.

Logitech Circle View

Outras opções

Por fim, você também pode desligar a luz de estado da câmera e a luz de visão noturna (infravermelho), para que a câmera fique mais imperceptível no ambiente.

Integração com dispositivos Apple

Se com as minhas câmeras da Intebras eu sofro bastante para visualizar as imagens — afinal só posso fazer isso pelo app para iPhone ou ligando o DVR na minha TV usando um cabo HDMI —, na Circle View sobram opções!

Você pode visualizar as imagens ao vivo da câmera não apenas pelo trio iPhone, iPad e Mac, como também pelo Apple Watch e pela Apple TV.

Logitech Circle View

No relógio, basta abrir o app Casa, rolar até encontrar a imagem da câmera e tocar nela para vê-la ao vivo; na set-top box, você precisa segurar o botão com o ícone de um TV até aparecer a Central de Controle. Depois, clique no ícone do app Casa e na imagem da câmera para assistir a tudo ao vivo.

Requisitos para usar

Para configurar a câmera, você precisa de um iPhone ou iPad rodando o iOS/iPadOS 13.2 ou superior.

Para visualização e notificações remotas ao vivo, histórico de atividades, automações e detecções inteligentes, é necessário ter um hub doméstico — que pode ser um HomePod com iOS 13.2 ou sistema mais recente, uma Apple TV com tvOS 13.2 ou mais recente, e/ou um iPad com iPadOS 13.2 ou mais recente.

Além disso, como disse, é preciso minimamente de um plano de 200GB no iCloud (para uma câmera) e um de 2TB (para até cinco câmeras); lembrando que os clipes gravados não entram na conta do seu espaço.

Vale a pena?

Tudo depende do quanto você está disposto a gastar e do seu setup atual, é claro.

No meu caso, mudar do antigo sistema (Intelbras) para a Circle View foi algo muito positivo. É a minha primeira experiência com uma câmera HomeKit e, tirando o problema com as notificações que eu recebo por conta da instabilidade na minha rede —, não há absolutamente nada nessa câmera que me impeça de recomendá-la.

Não tenho dúvidas de que existem câmeras mais capazes (com imagens em 4K, sensores aqui e acolá, entre outros recursos) mas, sinceramente, a Circle View tem tudo o que eu preciso e pensava em ter numa câmera doméstica — e estou pensando seriamente em adquirir outras para abandonar de vez as da Intebras e ter um sistema 100% HomeKit.

Preço

A única ressalva é o preço, já que não é tão “simples” fazer esse movimento que eu comentei pois cada Logitech Circle View sai por R$1.900 (ou R$1.709,10, à vista).

Quem aí também tem uma ou mais dessas? 😉

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão por cada venda concluída por meio dos links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Tim Sweeney

Epic teria aceitado acordo especial na App Store, revela Tim Sweeney

Próximo Artigo
Apple TV 4K (antiga)

Cobertura do AppleCare para Apple TVs é estendida para 3 anos

Posts Relacionados