O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

CNET
Bateria da AirTag

Varejista australiana suspende vendas do AirTag [atualizado]

Não faz nem uma semana que os AirTags estão disponíveis em lojas físicas e suas vendas já foram suspensas na Austrália devido, vejam só, à sua bateria substituível.

Publicidade

Conforme relatado no Reddit, a facilidade para remover da bateria dos AirTags gerou algumas preocupações de que crianças poderiam acessá-las, o que representaria um risco de segurança. A preocupação foi tamanha que a rede varejista australiana Officeworks suspendeu temporariamente a venda do rastreador.

A empresa não confirmou o motivo exato da suspensão das vendas, embora vários usuários do Reddit tenham afirmado que representantes da Officeworks citaram as preocupações com a remoção da bateria do rastreador.

Os funcionários do balcão viram no sistema que eles tinham alguns [AirTags] em estoque e um membro da equipe até se lembrava de ter vendido-os na sexta-feira, mas não conseguiram encontrar hoje.

Eles disseram que um representante da Officeworks lhes disse que os ‌AirTags‌ foram removidos por questões de segurança, especificamente em relação à facilidade de remoção da bateria por uma criança.

Em uma declaração fornecida ao Gizmodo, a Apple confirmou preventivamente que o processo de substituição da bateria está no centro da decisão da rede de varejo de suspender a venda dos ‌AirTags‌.

Publicidade

O AirTag foi projetado para atender aos padrões internacionais de segurança infantil, incluindo os da Austrália, exigindo um mecanismo de duas etapas para acessar a bateria substituível pelo usuário.

Estamos seguindo as regulamentações de perto e trabalhando para garantir que nossos produtos atendam ou excedam os novos padrões, incluindo aqueles para rotulagem de embalagens, bem antes do cronograma exigido.

As regulamentações australianas exigem que qualquer bem de consumo que tenha um compartimento de bateria acessível ao consumidor, independentemente de a bateria ser substituída ou não, deve “ser projetado para garantir que o compartimento não possa ser acessado por crianças”.

A Officeworks diz que ‌os AirTags‌ ficarão fora de suas prateleiras até que “mais orientações sejam fornecidas pela Comissão Australiana de Concorrência e Consumidores” — a qual, por acaso, é a mesma autoridade que atualmente investiga a Apple por alegações antitruste.

Atualização, por Eduardo Maruqes06/05/2021 às 12:15

A Officeworks não é a única: como informou o Gizmodo Australia, outras varejistas estão retirando os AirTags das prateleiras, como a JB Hi-Fi e a Big W — todos pelo mesmo motivo descrito acima.

Publicidade

Enquanto o imbróglio não é resolvido, a Apple aparentemente está planejando “atualizar a embalagem e os avisos do AirTag na Austrália” para cumprir novas regras que entrarão em vigor em julho de 2022 — as quais cobrem justamente esses avisos importantes nas caixas dos produtos.


AirTag (miniatura)
AirTag de Apple Preço à vista: a partir de R$332,10
Preço parcelado: em até 12x de R$30,75
Característica: rastreador (Bluetooth e UWB)
Pacotes: uma ou quatro unidades
Lançamento: abril de 2021

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão por cada venda concluída por meio dos links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

via Cult of Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Fazendo backup do WhatsApp

Como fazer backups do WhatsApp no iPhone

Próximo Artigo
App Clubhouse em um iPhone

Clubhouse perde fôlego e downloads despencam no iOS

Posts Relacionados