O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

AirTag serve para rastrear malas despachadas? Jornalista testou

Spoiler: os resultados foram mistos

Já sabemos tudo que o AirTag é capaz de fazer, demos uma boa conferida em vários dos seus acessórios lançados até o momento e já temos até um vídeo completão explorando os novos rastreadores da Apple. O que falta, agora? Uma análise de “mundo real” dos dispositivos — e foi exatamente o que fez o jornalista David Flynn, da Executive Traveller.

Publicidade

Flynn foi a campo explorar as capacidades do AirTag como companheiro de viagem — ou, mais precisamente, como o rastreador se sairia acoplado a uma mala despachada durante uma viagem de avião. O veredito? Ele cumpre algumas funções muito bem-vindas, mas deixa a desejar em uma das mais importantes: o rastreamento da bagagem nas esteiras de restituição.

Segundo o jornalista, a tecnologia do AirTag não é pensada para rastrear objetos em movimento, a não ser que eles estejam numa velocidade muito baixa — bem mais baixa que a velocidade média de uma esteira de aeroporto, por exemplo. Ao tentar rastrear a bagagem circulando pela área de restituição, Flynn simplesmente recebeu vários avisos que o sinal do AirTag estava fraco ou que o item estava em movimento, sem capacidade de ativar o modo de busca precisa.

A busca “imprecisa” (que usa os sinais Bluetooth de outros iPhones, Apple Watches e Macs nas redondezas para traçar a localização do seu AirTag) também não funcionou, como já era de se esperar — afinal de contas, ao contrário da banda ultralarga, essa modalidade não tem grande precisão.

AirTag rastreando mala despachada

Flynn sugeriu que, numa atualização futura, a Apple adicione uma funcionalidade ao sistema do AirTag que envie uma notificação ao iPhone do usuário assim que o sinal do rastreador chegue ao alcance do dispositivo — desta forma, mesmo que a busca precisa não esteja disponível, a pessoa poderá ao menos saber que sua bagagem está na esteira ou em um local próximo.

Apesar disso, o jornalista lembrou que um AirTag preso à (ou dentro da) sua mala despachada ainda pode ter uma série de utilidades: ele pode, por exemplo, indicar quando sua bagagem estiver numa “pilha” de malas num canto do aeroporto — muito comum quando você demora horas na imigração, por exemplo. No iPhone 12, o rastreador foi capaz de ativar o modo de busca precisa a até 10 metros de distância (e sem diferença se o AirTag estava preso à mala ou dentro dela).

Publicidade

Além disso, o dispositivo pode ser útil caso sua bagagem seja redirecionada a uma outra esteira, como a de itens fora do padrão, sem o seu conhecimento. O AirTag também será muito bem-vindo naqueles casos pelos quais ninguém quer passar, caso a sua bagagem seja extraviada e vá parar num outro estado, país ou mesmo continente — como aeroportos são lugares cheios de iPhones, é quase certo que você conseguirá localizar sua mala onde quer que ela esteja.

Vale notar, ainda, que os AirTags são liberados normalmente pelas agências de voo e companhias aéreas. A pequena bateria CR2032 dos dispositivos é permitida no bagageiro dos aviões (ao contrário de células maiores de íons de lítio, que não podem ser despachadas), e o sinal Bluetooth emitido pelos rastreadores também é liberado — assim como o de dispositivos da Tile, da Samsung ou mesmo de fones de ouvido sem fio.

Publicidade

Portanto, na sua próxima viagem, pode usar seus AirTags ao seu favor — mas sabendo das suas limitações.


AirTag (miniatura)
AirTag de Apple Preço à vista: a partir de R$332,10
Preço parcelado: em até 12x de R$30,75
Característica: rastreador (Bluetooth e UWB)
Pacotes: uma ou quatro unidades
Lançamento: abril de 2021

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão por cada venda concluída por meio dos links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

via The Loop

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
App Scorecard

Scorecard: app registra pontuações dos seus jogos de tabuleiro

Próximo Artigo
iPhone 12 roxo

Apple inicia adoção de números de série aleatórios

Posts Relacionados