O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple inicia adoção de números de série aleatórios

Primeiro produto contemplado é o iPhone 12 roxo
iPhone 12 roxo

Nós noticiamos aqui, em janeiro do ano passado, que a Apple queria mudar o modelo dos números de série de seus dispositivos. A mudança atrasou para o “início de 2021” e parece que, finalmente, começou a ser adotada pela gigante de Cupertino.

Publicidade

Hoje, Aaron Zollo (do canal ZolloTech) e o MacRumors confirmaram que os iPhones 12 e 12 mini roxos já vêm com o novo formato de serial number. Nós, do MacMagazine, também verificamos isso com a unidade que usamos em nosso vídeo de unboxing.

Antes, os números de série seguiam um padrão: os primeiros caracteres indicavam o local de fabricação do aparelho, enquanto os do meio revelavam o ano e a semana da fabricação. Os caracteres finais (também conhecidos como “código de configuração”) designavam algumas outras características, como modelo, cor e capacidade de armazenamento.

Com a implementação dessa mudança, a ordem passa a ser inteiramente aleatória. Isso vai tornar impossível saber quaisquer informações sobre os produtos apenas com os números de série.

Publicidade

Além disso, sabe-se que inicialmente a nova sequência alfanumérica terá 10 caracteres. Mas, segundo email distribuído pela Apple, ela poderá conter entre 8 e 14 números ou letras.

Alguns editores do MacRumors, entretanto, atestaram que os AirTags vêm com o número de série antigo, o de 12 dígitos. Como muito especulado, provavelmente o produto já estava pronto desde o início do ano passado, quando a Apple ainda não havia adotado esse novo modelo.

Resta-nos saber se os novos iMac, iPad Pro e Apple TV também virão com a numeração de série aleatória _ eles só chegarão ao mercado em 21 de maio.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

AirTag serve para rastrear malas despachadas? Jornalista testou

Próximo Artigo
Previews de séries no app Netflix para iOS

Apple tentou convencer Netflix a manter assinaturas pela App Store

Posts Relacionados