O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Memojis de acessibilidade

Apple anuncia melhorias voltadas para pessoas com deficiências

A Apple anunciou hoje uma série de melhorias em seus sistemas pensadas especificamente para pessoas com deficiências motoras, visuais, auditivas e cognitivas. As novidades, que ainda não têm data confirmada, chegarão via atualizações de software em todos os sistemas operacionais da Apple.

Publicidade

Como uma medida imediata, a Maçã lançará amanhã (quinta-feira, 20 de maio) um novo serviço, chamado SignTime. Com ele, clientes poderão se comunicar com o AppleCare e o suporte usando as linguagens americana, britânica e francesa de sinais diretamente no navegador.

Ainda assim, quem visitar as lojas físicas também poderá usar o SignTime para acessar remotamente um intérprete de linguagem de sinais sem reservar com antecedência. Inicialmente lançado nos EUA, no Reino Unido e na França, a gigante de Cupertino afirma que tem planos de expandir o serviço para outros países no futuro.

Com esses novos recursos, estamos expandindo os limites da inovação com tecnologias de próxima geração que trazem a diversão e a função da tecnologia Apple para ainda mais pessoas — e mal podemos esperar para compartilhá-los com nossos usuários.

Sarah Herrlinger, diretora sênior de política e iniciativas globais de acessibilidade da Apple

Dia Mundial da Conscientização sobre a Acessibilidade

A Apple também está lançando novos recursos, coleções e sessões em homenagem ao Dia Mundial da Conscientização sobre a Acessibilidade, celebrado amanhã (20 de maio).

No Livros, será possível ler recomendações da autora e ativista pelos direitos das pessoas com deficiência Judith Heumann. Já na App Store, a Apple publicará conteúdos editoriais destacando aplicativos como o FiLMiC Pro e recomendações da influenciadora Lucy Edwards, que é cega.

Publicidade

O aplicativo da Apple TV destacará personagens que celebram a representação autêntica da deficiência no cinema e na TV. O Mapas apresentará novos guias da Gallaudet University para ajudar a conectar usuários a empresas e organizações que “valorizam, adotam e priorizam a comunidade surda e as linguagens de sinais”.

Sem contar com as sessões do Today at Apple, que serão oferecidas nas linguagens americanas e britânicas de sinais.

Novidades que chegarão até o fim do ano

AssistiveTouch no Apple Watch

Pensando nos usuários com mobilidade limitada, a Apple trouxe o AssistiveTouch para o Apple Watch. Com ele, usuários poderão utilizar o dispositivo sem tocar na tela ou nos botões laterais — permitindo, por exemplo, usar o relógio com apenas uma mão.

Usando os sensores de movimento, como o giroscópio e o acelerômetro, aliado ao sensor óptico de frequência cardíaca e aprendizado de máquina, o Apple Watch detectará diferenças sutis no movimento muscular e na atividade do tendão.

Publicidade

Com isso, os usuários navegarão pelo relógio com um cursor na tela por meio de um série de gestos com as mãos.

Suporte ao rastreamento ocular de terceiros no iPad

Após uma futura atualização, o iPadOS oferecerá suporte a dispositivos de rastreamento ocular de terceiros, possibilitando que usuários controlem seus iPads apenas com os olhos.

A Apple prometeu que, ainda neste ano, usando dispositivos MFi compatíveis, será possível rastrear o local exato para onde uma pessoa olhar na tela, seguindo com um ponteiro. Quando o contato visual for prolongado, o sistema entenderá como uma ação, tal qual um toque.

Explorar imagens com VoiceOver

A Apple também está tornando o VoiceOver, voltado para pessoas cegas, ainda mais inteligente. Ainda neste ano, a empresa tornará possível explorar ainda mais detalhes sobre pessoas, textos, dados e outros objetos dentro das imagens.

Usuários poderão navegar pela foto como uma tabela: por linha e coluna. O VoiceOver também poderá descrever a posição de uma pessoa junto a outros objetos dentro das imagens e, com o recurso de Marcação, será possível adicionar suas próprias descrições de imagem para personalizar fotos de família.

Melhorias no suporte a aparelhos auditivos e audiogramas no iPhone

Em uma atualização no programa de dispositivos auditivos MFi, a Apple adicionará suporte para novos aparelhos bidirecionais.

Os microfones desses novos apetrechos permitirão que pessoas surdas ou com perdas auditivas significativa tenham conversas no viva-voz e no FaceTime. Segundo a Maçã, a próxima geração desses aparelhos estará disponíveis ainda este ano.

Haverá também suporte a reconhecimento de audiogramas — gráficos que mostram os resultados de um teste de audição — para “Adaptações de Fones de Ouvido”. Usuários poderão personalizar seu áudio com os resultados dos testes auditivos mais recentes importados de um papel ou audiograma PDF.

As “Adaptações de Fones de Ouvido” amplificam sons suaves e ajustam certas frequências para se adequar à audição do usuário.

Sons de fundo

Tal como apresentou sete opções de sons de fundo no HomePod, em 2019, a Apple estenderá o recurso para os iPhones.

Nas palavras da empresa: “A Apple está introduzindo novos sons de fundo para ajudar a minimizar as distrações e ajudar usuários a se concentrar, manter a calma ou descansar.”

Sons balanceados, claros ou escuros, bem como sons do oceano, chuvas ou fluxo são reproduzidos continuamente em segundo plano para disfarçar ruídos externos ou sons ambientes indesejados, que se misturam ou se escondem sob outros áudios do sistema.

Outras adições

  • Ações com som para o Controle Assistivo, que poderão substituir botões por sons feitos com a boca (como um “click”, “pop” ou som de “ee”) para usuários que não falam e têm mobilidade limitada.
  • As configurações de Tela e Tamanho do Texto poderão ser personalizadas em cada aplicativo para usuários daltônicos ou com outras deficiências visuais, tornando a tela mais fácil de ver. As configurações poderão ser personalizadas app por app, desde que compatíveis.
  • Novas personalizações de Memojis, que representarão melhor os usuários com tubos de oxigênio, implantes cocleares e um capacete de proteção craniana.

Tudo indica que as novidades chegarão junto ao iOS 15, que será apresentado no próximo mês durante a Worldwide Developers Conference (WWDC) 2021. O evento ocorrerá entre os dias 7 e 11 de junho e, como de costume, o grande ato de abertura será a apresentação não só do novo iOS, como de todos os novos sistemas operacionais da Apple.

Tem alguém ansioso por aí? 👀

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
AirTag

Vendas do AirTag começam no Brasil; preços partem de R$370 [atualizado: suspensas]

Próximo Artigo
Apple Music, AirPods e Spotify

Executivo do Spotify chama Apple de "valentona implacável" em coluna no WSJ

Posts Relacionados