O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

AirTag
Foto de Onur Binay no Unsplash

Vendas do AirTag começam no Brasil; preços partem de R$370 [atualizado: suspensas]

O pacote com quatro rastreadores, por sua vez, sai por R$1.250

O AirTag já tinha sido devidamente homologado pela Anatel apenas dois dias após o seu lançamento, e agora o rastreador da Apple está entre nós: o dispositivo já está à venda na Apple Store online brasileira, com prazo de envio atual para 4-5 semanas.

Publicidade

Os preços, sob o risco de me repetir, não são dos mais amigáveis: adquirindo-os de forma avulsa, cada rastreador sai por R$370 (apenas para efeito de comparação, ele custa US$30 nos Estados Unidos). O pacote com quatro AirTags, por sua vez, sai por R$1.250 (ou US$100, lá fora).

É bom lembrar, entretanto, que o AirTag “sozinho” não tem muitas possibilidades de uso: você precisará de um acessório para prendê-lo a um chaveiro, uma mala ou basicamente qualquer outro objeto (a não ser que você queira furar o rastreador, o que obviamente não é recomendável, ou colocá-lo dentro de um bolso).

Os acessórios oficiais também deverão começar a ser vendidos logo, logo, como o Chaveiro de couro (R$440) e o Laço (R$380 pelo modelo de poliuretano e R$500 pelo modelo de couro). Acessórios de outras fabricantes também deverão surgir por aqui em breve.

Publicidade

É bom lembrar, também, que não teremos por aqui — ao menos não neste momento — um dos grandes elementos de personalização do AirTag: a possibilidade de gravar até quatro caracteres/emojis na superfície do rastreador. A Apple faz um grande marketing disso nos EUA, mas nenhuma menção à possibilidade aparece na página de compra brasileira.

Para quem ainda não sabe exatamente qual a razão de existência do AirTag, vale ler nosso guia completo sobre como funciona o rastreador da Maçã e seus cenários possíveis de uso — além de vários outros artigos sobre o dispositivo simplesmente seguindo a nossa tag. Também temos um vídeo analisando em detalhes o produto, claro. 🙃

Quem vai?

Atualização, por Eduardo Marques20/05/2021 às 00:15

Algo muito estranho tem acontecido nos lançamentos de produtos da Apple no Brasil. Primeiro foi com o iPad de oitava geração; depois, com os AirPods Max; e, agora, com os AirTags.

Publicidade

Assim como o tablet e os fones de ouvido circum-auriculares, pouco depois do início das vendas a Apple Brasil suspendeu tudo, voltando a informar que o produto está “indisponível para compra”.

Publicidade

O fato é que muitos usuários — incluindo membros da equipe do MacMagazine — chegaram a adquirir os rastreadores, então veremos se eles serão entregues normalmente. Mas como o prazo de envio estava entre 4-5 semanas, é bem possível que a Apple volte a vendê-los dentro de alguns poucos dias e isso não interfira na estimativa final de envio.

Que coisa, hein Apple… 🤷🏻‍♂️

AirTag

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão de vendas concluídas por meio de links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Câmeras e scanner LiDAR do iPhone 12 Pro

Oferta: iPhone 12 Pro com 27% de desconto!

Próximo Artigo
Memojis de acessibilidade

Apple anuncia melhorias voltadas para pessoas com deficiências

Posts Relacionados