O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Termostato Nest, do Google, ganhará suporte ao HomeKit

Eis o primeiro benefício prático do protocolo Matter
Nest Thermostat, do Google

Há algumas semanas, trouxemos para cá as notícias mais recentes sobre o Matter, o protocolo aberto de automação doméstica anteriormente conhecido como Projeto CHIP — e que foi desenvolvido por um consórcio com participação de gigantes como Apple, Google, Amazon, Samsung e IKEA.

Publicidade

A tecnologia está em fases finais de desenvolvimento e deveremos ver os primeiros produtos compatíveis com o Matter até o fim do ano, mas o protocolo já está rendendo os primeiros benefícios práticos aos consumidores: por conta dele, o Nest Thermostat, do Google, passará a ter suporte nativo ao HomeKit, da Apple.

Atualmente, é até possível conectar o termostato Nest (que não é vendido oficialmente no Brasil, vale notar) ao aplicativo Casa (Home) no seu iPad, iPhone ou Apple TV — a tarefa, entretanto, requer uma dose considerável de conhecimento técnico e alguns intermediários para fazer a conexão, como hubs, pontes ou scripts especiais.

Com a novidade, tudo isso será passado: o aparelho poderá ser conectado diretamente ao HomeKit, permitindo que você controle os termostatos, as câmeras e os demais dispositivos Nest pelo seu dispositivo Apple ou pela Siri. Também será possível integrar o termostato às cenas do aplicativo Casa, para que determinados comandos ajustem diversos dispositivos simultaneamente.

Publicidade

Além do Nest Thermostat, o Google tem ainda um dispositivo mais avançado, o Nest Learning Thermostat — a empresa não anunciou, entretanto, se o aparelho também passará a ser compatível com o HomeKit.

As novidades do Google vão além: com as atualizações futuras, alguns modelos dos alto-falantes inteligentes Nest poderão servir como hubs de conexão dos dispositivos com suporte ao protocolo Matter. Com isso, os usuários poderão utilizar o Google Assistente (tanto nos alto-falantes quanto nos seus smartphones Android) para controlar seus dispositivos domésticos conectados.

A Apple, por sua vez, ainda não se pronunciou oficialmente sobre a questão — é de se crer, entretanto, que a empresa tenha uma palavrinha ou outra sobre o tema a compartilhar na próxima WWDC, que começará no dia 7 de junho. Aguardemos.

via The Verge

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Apple Podcasts for Creators

Apple anuncia programa de afiliados para assinaturas de podcasts

Próximo Artigo
Técnico fazendo reparo em iPhone

Reportagem relata investidas da Apple contra o direito ao reparo

Posts Relacionados