O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Após demissão, Martínez caracteriza decisão da Apple como “repentina”

Executivo foi demitido por comentários misóginos e sexistas
Antonio García Martínez

Na semana passada, noticiamos a demissão de Antonio García Martínez (ex-gerente de produto do Facebook e autor do livro “Chaos Monkeys”) pela Apple, após uma petição de quase 2.000 funcionários demandarem uma investigação sobre as declarações passadas do executivo, consideradas misóginas e racistas.

Publicidade

Em um bate-papo no Twitter Spaces com os jornalistas de tecnologia Kara Swisher e Casey Newton, Martínez caracterizou a sua demissão como uma “decisão repentina” por parte da administração da Apple. Citando um acordo de confidencialidade, ele não ofereceu nenhuma informação adicional sobre a mudança e afirma não ter tido conhecimento da petição antes da notícia.

Na petição, funcionários expressaram preocupação sobre as opiniões de Martínez em relação a mulheres e pessoas de cor. Em uma passagem de sua autobiografia, ele descreveu as mulheres na Bay Area como “suaves e fracas, mimadas e ingênuas, apesar de suas alegações de mundanismo e em geral cheio de merda”.

Martínez disse que a frase foi tirada do contexto. No papo, o ex-executivo elaborou que a frase em questão tinha o objetivo de encerrar uma piada feita sobre sua então namorada. Não melhora muito a situação, né?

Publicidade

Martínez ainda disse que seu livro foi escrito em estilo exagerado, em referência ao escritor Hunter S. Thompson. Ele ainda acrescentou que a seção em questão era, na verdade, um “hino” de elogio à sua namorada.

Não surpreendentemente, seu editor queria cortar o parágrafo — não pelo potencial polêmico, mas por uma questão de brevidade. Martínez fez questão que o trecho permanecesse no livro. “Em retrospecto, eu não teria escrito dessa maneira”, disse ele.

O breve ex-executivo da Apple disse ainda que sempre esperou receber repercussões negativas sobre seu livro, mas não de tal maneira.

Publicidade

Sempre pensei que “Chaos Monkeys” iria me cancelar, mas puramente pelo olhar técnico.

Martínez ainda aproveitou para questionar o porquê de ele ter sido demitido por suas palavras, mas Dr. Dre — cofundador da Beats, adquirida pela Apple em 2014 — não enfrentou as mesmas repercussões pelas letras de suas canções.

Ainda não temos a perspectiva da Apple sobre a repercussão da demissão de Martínez. Veremos se ela irá se pronunciará sobre o caso.

via AppleInsider

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Tim Cook

Tim Cook testemunha, e juíza parece favorecer lado da Epic em batalha judicial

Próximo Artigo
Página "Why Mac", da Apple

Apple lista razões para você escolher um Mac em vez de um PC [atualizado]

Posts Relacionados