O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Sensor cardíaco do Apple Watch Series 6

AliveCor acusa Apple de monopolizar sensor cardíaco do Watch

Empresa alega que a Apple basicamente expulsou seu aplicativo de análise de ritmo cardíaco irregular da App Store

Apenas dois dias após o início das investigações por uma suposta violação de patentes relacionadas ao ECG do Apple Watch, a AliveCor entrou hoje com uma ação antitruste contra a Apple, acusando-a de “conduta monopolística”. A empresa, caso você não lembre, é a mesma que tentou banir as vendas do Apple Watch nos Estados Unidos no mês passado.

Publicidade

A AliveCor alega que a Apple viu o sucesso da KardiaBand (sua pulseira para Apple Watch com funcionalidade ECG) e mudou a funcionalidade do watchOS para sabotar a empresa e “monopolizar o mercado de análise de frequência cardíaca no Apple Watch”.

Além disso, ela afirma que a decisão da Maçã de excluir fornecedores terceirizados da análise de frequência cardíaca do Apple Watch não só prejudicou a AliveCor, mas também impactou pacientes e consumidores.

A companhia também alega que o seu aplicativo SmartRhythm, usado junto à KardiaBand para o monitoramento cardíaco, foi inicialmente permitido na App Store, mas a Apple alegou posteriormente que ele violava as diretrizes da ‌loja.

Publicidade

A AliveCor disse que precisou adaptar diversas vezes o seu app para se ajustar às regras da Apple e que, após tudo isso, a Maçã fez alterações no algoritmo de frequência cardíaca do watchOS para garantir que o SmartRhythm e outros aplicativos concorrentes não funcionassem.

Segundo a empresa, a Apple supostamente alterou o algoritmo de frequência cardíaca no watchOS 5, lançado em setembro de 2018. Vale notar que esse foi o ano de lançamento do Apple Watch Series 4, primeiro modelo que contou com a função de eletrocardiograma de forma nativa.

A empresa disse o seguinte:

Publicidade

Tudo isso tem sido devastador para a concorrência, já que a Apple hoje comanda 100% da participação de aplicativos de análise de frequência cardíaca em dispositivos com watchOS. […] Com uma única atualização, a Apple eliminou a concorrência que os consumidores claramente queriam e precisavam, privando-os da escolha de uma análise de frequência cardíaca que é melhor do que a que a Apple pode fornecer.

Como dá para perceber na declaração da AliveCor, ela alega que seu aplicativo SmartRhythm era melhor em identificar eventos preocupantes de saúde relacionados ao coração, e que poderia ter competido com sucesso com a função ECG embutida no relógio da Apple, mas isso não foi possível já que a funcionalidade de ritmo irregular deixou de funcionar de uma hora para outra após as mudanças nos algoritmos da Maçã.

A ação antitruste chega alguns meses após a AliveCor iniciar um processo contra a Apple, alegando que o recurso de medição da atividades cardíacas do Apple Watch infringe um trio de patentes suas. Há alguns dias, também foi iniciada uma investigação da ITC (Comissão de Comércio Internacional dos EUA) a respeito dessas possíveis quebras de patente.

A AliveCor busca julgamento por júri, com danos ainda a serem determinados. Até o momento, a Apple não se pronunciou sobre o caso.

Publicidade

Agora, além de uma batalha enorme com a Epic Games e das investigações de práticas monopolistas na App Store, a Apple também precisará se preocupar com essa nova dor de cabeça que, se realmente ganhar tração, poderá ameaçar as vendas de um dos produtos mais importantes da empresa.


Apple Watch Series 6
Apple Watch Series 6 de Apple Preço à vista: a partir de R$4.769,10
Preço parcelado: em até 12x de R$441,58
Tamanhos: 40mm ou 44mm
Materiais: alumínio, aço inoxidável ou titânio
Características: GPS ou GPS + Cellular
Cores: diversas
Lançamento: setembro de 2020

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão por cada venda concluída por meio dos links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

via AppleInsider

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
iPhones 12 Pro azul-pacífico e dourado

Apple poderá superar Samsung como maior compradora de telas AMOLED

Próximo Artigo
Testando as câmeras dos novos iPads Pro (e o modo macro)

Câmeras dos novos iPads Pro têm macro superior ao dos iPhones

Posts Relacionados