O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Câmeras dos novos iPads Pro têm macro superior ao dos iPhones

São basicamente microscópios, segundo o fotógrafo Sebastiaan de With

Até hoje, a arte de tirar fotos com iPads (ou qualquer outro tablet) levanta algumas sobrancelhas pelo mundo, pelo próprio caráter ligeiramente excêntrico da coisa. Bom, pelo visto, os novos iPads Pro chegaram para desafiar esse status quo.

Publicidade

O fotógrafo e desenvolvedor Sebastiaan de With, um dos responsáveis pelo aplicativo Halide, publicou mais um de seus tradicionais reviews — o de hoje focado, claro, nas câmeras dos novos iPads Pro. O timing da análise é bem auspicioso, inclusive, considerando que o Halide ganhou uma versão adaptada para iPads na última semana.

No papel, pelo menos, as câmeras dos iPads não sofreram nenhuma alteração com os novos modelos: ainda temos, na parte de trás, uma lente grande-angular com abertura ƒ/1.8 e uma ultra-angular com abertura ƒ/1.8 e foco fixo, além do scanner LiDAR. Entretanto, ao menos em um aspecto, as novas câmeras traseiras se destacam — não apenas em relação aos iPads Pro anteriores, mas também em relação aos iPhones: o macro.

As câmeras traseiras parecem ser idênticas às do ano passado. O LiDAR não foi mexido. Mas eu acidentalmente descobri que as câmeras dos novos iPads são basicamente… microscópios?
A distância de foco mínima é MUITO mais próxima que a dos iPhones. Você consegue capturar umas imagens bem doidas.

A Apple não chegou a comentar essa capacidade em nenhum momento da apresentação dos tablets (ou no seu material de divulgação), o que é curioso e deixa um mistério sobre o que realmente mudou para conseguir essas fotos tão próximas com foco preciso. Segundo de With, a diferença se dá por conta de um outro design nas lentes das câmeras — o fotógrafo sugeriu que, pelo tamanho bem maior dos iPads, a Apple tem mais liberdade para “brincar” com o design das lentes e chegar a resultados mais capazes.

O fato é que, enquanto nos iPhones 12 o foco só consegue chegar a no máximo 8cm de distância do objeto, os iPads Pro conseguem chegar muito, muito mais perto.

As três imagens acima ilustram bem a diferença: a primeira traz a aproximação máxima da câmera grande-angular traseira do iPhone 12, enquanto a segunda mostra a aproximação máxima do novo iPad Pro. A terceira é um recorte da segunda imagem, para mostrar como o foco é extremamente preciso e detalhado mesmo a uma distância tão pequena.

Confiram mais algumas imagens em macro capturadas por de With:

De resto, as câmeras traseiras dos novos iPads Pro são, como indicam as especificações, idênticas às do ano anterior — é possível tirar boas fotos, embora os tablets não desfrutem de alguns dos recursos mais avançados dos iPhones 12 Pro (como o Modo Noite ou o Modo Retrato).

E a câmera frontal?

Enquanto as câmeras traseiras não mudaram muito (tirando a parte do macro), a frontal teve melhorias dramáticas na nova geração: agora temos uma lente ultra-angular com ângulo de visão de 120º — o que possibilita a ação do utilíssimo recurso Palco Central.

Testando as câmeras dos novos iPads Pro (e o modo macro)
Comparando o modo ultra-angular e o modo grande-angular da câmera frontal

O mais interessante aqui é que, com alguns truques de software, a Apple conseguiu criar duas câmeras com apenas uma: o sistema (e quaisquer apps integrados à câmera, como o Halide) “lê” a câmera ultra-angular como se fossem duas — uma de fato ultra-angular e uma grande-angular comum. Nos apps, você pode alternar entre os dois modos exatamente como nas câmeras traseiras (mesmo que, na prática, a imagem esteja vindo do mesmo sensor).

O aumento na resolução da câmera frontal (de 7 para 12 megapixels) serve justamente para isso: mesmo fazendo o recorte na imagem para o modo grande-angular ou para o Palco Central, a Apple consegue — com o auxílio dos recursos de aprendizado de máquina — manter a imagem com a mesma definição de antes. As imagens capturadas são satisfatórias e certamente agradarão aos usuários do Zoom e do Google Meet, segundo de With.

Bem interessante!


iPad Pro (miniatura)
iPads Pro de 11″ e 12,9″ de Apple Preço à vista: a partir de R$9.719,10
Preço parcelado: em até 12x de R$899,92
Cores: cinza espacial ou prateado
Capacidades: 128GB, 256GB, 512GB, 1TB ou 2TB
Lançamento: abril de 2021
Geração: 3ª geração (11″) e 5ª geração (12,9″)

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão por cada venda concluída por meio dos links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Sensor cardíaco do Apple Watch Series 6

AliveCor acusa Apple de monopolizar sensor cardíaco do Watch

Próximo Artigo
Michiel Huisman

Apple TV+: Michiel Huisman junta-se a Luke Evans em "Echo 3"

Posts Relacionados