O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Twitter Blue já está disponível na Austrália e no Canadá

Com a assinatura, usuários agora podem desfazer um tweet
Imagem de divulgação para a assinatura do "Twitter Blue"

Há menos de uma semana, nós comentamos que o Twitter havia deixado escapar o nome e o preço de um suposto sistema de assinaturas, chamado Blue. Pois, hoje, a rede social anunciou que de fato está iniciando a empreitada na Austrália e no Canadá.

Publicidade

Como já esperado, a assinatura permitirá que usuários tenham recursos premium, incluindo pastas para organizar tweets favoritos, um novo modo leitura, personalização do app e o especulado recurso de “Desfazer Tweet” — o mais próximo que o Twitter terá do tão pedido botão “Editar”.

Confira todas as novidades:

  • Pastas de favoritos: com as pastas, usuários poderão organizar melhor os tweets salvos. Também será possível criar subpastas, que são identificadas por cores para fácil acesso. Além disso, há um botão “Adicionar favorito” nessa tela, para adicionar um tweet à coleção diretamente na seção Favoritos.
  • Modo leitura: Esse pode não ser exatamente o que alguns usuários esperavam. Com essa nova função, o Twitter facilitará a leitura de longas sequências (fios ou, em inglês, threads), transformando-os em texto corrido, fácil para uma visualização mais contínua. Essa é, basicamente, uma alternativa a aplicativos de terceiros, tal como Thread Reader App.
  • Personalização visual: com isso, será possível selecionar um ícone personalizado do aplicativo para a tela inicial, bem como trocar suas cores. Antes, essa função estava limitada para a versão web da rede social.
  • Suporte exclusivo ao cliente: assinantes do Twitter Blue terão suporte dedicado, exclusivo.
  • Desfazer Tweet: embora não seja o botão “Editar” que os usuários desejam, a função permitirá que um usuário “desfaça” rapidamente o envio de um tweet ao detectar qualquer erro — como esquecer de marcar alguém, por exemplo, ou um erro de português. Usuários podem definir um cronômetro personalizável de até 30 segundos para clicar/tocar na opção “Desfazer”.

O Twitter disse ao TechCrunch que iniciou o Twitter Blue na Austrália e no Canadá para ajudá-los a determinar se o conjunto de recursos atenderá às necessidades dos usuários, bem como para incentivar a discussão sobre outros que a rede social estuda para o futuro.

Publicidade

A assinatura custa o equivalente a US$3 mensais nos Estados Unidos (AU$4,50 na Austrália ou C$3,50 no Canadá; no Brasil, como vimos, ele deverá custar R$16 quando lançado). Inicialmente, o serviço suportará apenas dispositivos iOS.

Os primeiros usuários são solicitados a tweetar seus comentários sobre o produto para a conta @TwitterBlue. A empresa afirma que essa fase inicial ajudará a “obter um entendimento mais profundo do que tornará sua experiência no Twitter mais personalizada”, antes do seu lançamento em outros países.

A rede social está implementando diversos recursos semanalmente. Apenas no mês passado, por exemplo, o Twitter revelou a “caixinha de gorjetas”, Spaces em navegadores web e mobile, com hora marcada, perfis mais detalhados e a volta da verificação de perfis. Em breve, reações a tweets e novos alertas contra desinformação também serão lançados.


Ícone do app Twitter
Twitter de Twitter, Inc.
Compatível com iPadsCompatível com iPhonesCompatível com Apple TV
Versão 8.92.3 (171.7 MB)
Requer o iOS 13.4 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR

Ícone do app Twitter
Twitter de Twitter, Inc.
Compatível com Macs
Versão 8.92.3 (98.6 MB)
Requer o macOS 10.15.4 ou superior
GrátisBadge - Baixar na Mac App Store Código QR Código QR

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
App Philips Hue

App Philips Hue é redesenhado e ganha novas automações

Próximo Artigo
iMac com M1 e iMac com Intel

Turbinado, iMac de 21,5" com Intel derrota iMac com M1

Posts Relacionados