O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Seguindo a Apple, Google também limitará rastreio entre apps no Android

Nova função tenta se igualar à oferecida no iOS
Android
quietbits / Shutterstock.com

Assim como a Apple, o Google anunciou que também impedirá o rastreio de usuários entre apps e sites na plataforma Android. Diferente do iOS, usuários terão apenas a opção de desligar completamente o rastreamento.

Publicidade

Essa opção removerá o ID de anúncio de usuários que optarem por não permitir o rastreamento; desta forma, anunciantes não conseguirão trazer anúncios personalizados a eles. A opção será disponibilizada no fim de 2021 como parte da atualização dos serviços do Google Play.

Essa abordagem é diferente da política de Transparência no Rastreamento de Apps (App Tracking Transparency, ou ATT) que estreou no iOS 14.5 — na qual um popup aparece toda vez que o usuário abre um novo aplicativo e pede a sua permissão para rastreá-lo. Vale notar que aqui no Brasil, porém, cerca de 50% dos usuários optam por permitir o rastreio.

O mais estranho da notícia é que o próprio Google se beneficia com o rastreio de usuários com tais anúncios. E não fica muito claro qual será o real impacto da opção nos serviços da própria empresa. Vale notar que estamos falando da mesma companhia que, supostamente, escondeu os ajustes de privacidade do Android e que coleta 20x mais dados no Android do que a Apple no iOS.

Publicidade

No entanto, no início de março, o Google anunciou que abandonará os identificadores de rastreio de usuários na web. E, no mês passado, anunciou uma função semelhante aos rótulos nutricionais da App Store para a sua loja de aplicativos.

Parece, então, que o Google está realmente querendo correr atrás do prejuízo e se igualar a Apple nos esforços para proteger a privacidade de usuários. Resta saber se eles trarão mesmo mudanças significativas.

via Bloomberg

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Scribd para Apple Watch

Scribd chega ao Apple Watch com suporte a audiolivros, podcasts e mais

Próximo Artigo
Navegadores

Apple, Google e Mozilla se juntam para padronizar extensões de navegadores

Posts Relacionados