O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Craig apresentando o iCloud+

Private Relay do iCloud+ é baseado no Cloudflare Warp

Assim que a Apple anunciou o recurso Private Relay do iCloud+ durante a keynote de abertura da WWDC21, muitos suspeitaram imediatamente que poderia haver algo bem conhecido por trás de tudo aquilo.

Publicidade

Pois bem: o Private Relay funciona exatamente como o recurso de DNS1 que a Apple vem desenvolvendo com a Cloudflare, o Oblivious DoH, lançado no fim do ano passado — agora, eles tiraram isso do papel com o Private Relay.

Jane confirmou que a Cloudflare está por trás do Private Relay do iCloud+, anunciado pela Apple.
Apple e Cloudflare foram os autores (junto à Fastly) de um novo padrão de protocolo DNS seguro chamado Oblivious DoH, em dezembro. Então eles tornaram isso uma realidade.
.
Parece que o Private Relay do iCloud+ é desenvolvido pela Cloudflare
Ele mostra “Cloudflare Warp” como o ISP quando eu ativo o Private Relay.

Quando o Private Relay está ativado, ninguém pode rastrear sua atividade de navegação — nem seu provedor de serviços de internet ou qualquer pessoa que esteja no meio de sua solicitação entre seu dispositivo e o servidor do qual você está solicitando informações.

A Cloudflare é uma rede global de entrega de conteúdo de ponta. Eles também fornecem produtos e serviços para segurança cibernética, trabalho remoto e detecção de ameaças — nós mesmo usamos alguns desses serviços aqui, no MacMagazine.

No começo de 2019, a Cloudflare lançou o Warp, o qual integrou a tecnologia de VPN2 da empresa ao seu serviço de DNS, como intuito de tornar a navegação de usuários ainda mais segura e rápida.

Craig Federighi fala sobre privacidade

Em uma entrevista para a Fast Company, o chefe de engenharia de software da Apple, Craig Federighi, detalhou o Private Relay e falou também sobre a Transparência do Rastreamento de Apps (App Tracking Transparency, ou ATT), introduzida no iOS 14.5.

Segundo Federighi, a diferença do Private Relay para outras VPNs é o fato de que nem mesmo a Apple sabe o que você está fazendo enquanto está conectado a ele.

Publicidade

Queríamos tirar essa [avaliação de confiança] completamente da equação, tendo uma arquitetura dual-hop. Esperamos que as pessoas acreditem na Apple como um intermediário confiável, mas não precisaríamos nem mesmo que você confiasse em nós já que não temos essa capacidade de revelar simultaneamente seu IP e o destino da sua navegação — e isso é diferente de VPNs.

Na entrevista, Federighi também falou sobre o sistema antirrastreamento do iOS. Embora ele não tenha revelado quantas pessoas optaram pela função ou não, o executivo acredita que a Apple teve sucesso não pela taxa de aceitação, mas pelo sentimento de dever cumprido.

A chave para nós é que os usuários têm uma escolha. Se fosse 50/50 ou 95/5 ou 5/95, tudo bem — desde que represente o que o usuário realmente queria, que eles tiveram a oportunidade de avaliar e tomar a decisão certa para eles. Portanto, certamente vemos o sucesso não pelas lentes de qual é a taxa de aceitação ou exclusão, mas pelo fato de que os usuários têm escolha.

Federighi comentou, ainda, como os governos e a indústria devem tratar a privacidade, entre outros assuntos. A entrevista completa pode ser lida aqui.

via BobFM, AppleInsider

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

iOS 15: recurso de desbloquear o iPhone com Apple Watch será expandido

Próximo Artigo
Mail Privacy Protection

Novo recurso de privacidade do Mail "ameaça" newsletters, dizem editores

Posts Relacionados