O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple admite ter classificado apps próprios no topo das buscas na App Store

App Store
IB Photography / Shutterstock.com

Não sei se vocês lembram, mas, em 2019, o The New York Times e o The Wall Street Journal publicaram extensas reportagens acusando a Apple de priorizar seus próprios aplicativos nas buscas da App Store em detrimento de opções da concorrência. À época, contudo, a empresa negou que realizasse práticas desse tipo.

Publicidade

Agora, tal como apurado pelo The Verge, durante o julgamento contra a Epic Games, evidências mostraram que a empresa teria feito exatamente o oposto do que alegou. A Maçã teria, de fato, ranqueado seu aplicativo Arquivos (Files) em primeiro lugar, à frente de Dropbox e todos os outros concorrentes por 11 meses.

Emails revelaram uma mensagem que Tim Sweeney — CEO1 da Epic — enviou para a Apple reclamando que, ao pesquisar por “Dropbox” na App Store, ele encontrou um anúncio comprado pelo Google e, em seguida, o próprio Arquivos.

Matt Fischer, vice-presidente responsável pela App Store, encaminhou a reclamação para sua equipe e comentou:

Publicidade

Quem deu sinal verde para colocar o aplicativo Arquivos acima do Dropbox nos resultados de pesquisa orgânica? Não sabia que fazíamos isso e acho que não deveríamos.

Debankur Naskar, líder de pesquisas de apps, respondeu:

Acho que o Arquivos foi manualmente aumentado para a consulta de pesquisa “Dropbox” durante a última WWDC [de 2017].

Fischer continuou expressando sua desaprovação, afirmando: “Eu não sabia que estávamos subindo o aplicativo Arquivos e gostaria de saber como isso aconteceu e quem o solicitou. No futuro, quero que quaisquer pedidos semelhantes cheguem a mim para revisão/aprovação.”

Em resposta, a Apple disse ao The Verge que os emails apurados não são muito precisos. Embora não tenha contestado que o Arquivos foi classificado de forma injusta, a empresa afirmou ter sido um erro simples: o aplicativo tinha uma integração com o Dropbox, então a Maçã colocou o nome da concorrente nos metadados. Desta forma, ele foi classificado automaticamente mais alto quando os usuários pesquisavam por “Dropbox”.

Publicidade

Bom, as investigações devem seguir e o máximo que a Apple mencionaria em declarações é que, de fato, não alterou manualmente os resultados do aplicativo e que não tira proveito dos seus próprios aplicativos sobre os de quaisquer concorrente.

Aguardemos os próximos capítulos dessa trama, portanto…


Ícone do app Arquivos
Arquivos de Apple
Compatível com iPadsCompatível com iPhones
Versão 1.4 (550.9 KB)
Requer o iOS 11.0 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR

Ícone do app Dropbox - Salve, compartilhe
Dropbox - Salve, compartilhe de Dropbox, Inc.
Compatível com iPadsCompatível com iPhonesCompatível com o iMessage
Versão 244.6 (240 MB)
Requer o iOS 12.1 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Beats Studio Buds

Beats Studio Buds são lançados nos EUA por US$150; fones custarão R$1.800 no Brasil

Próximo Artigo
Produtos da Apple (sistemas beta)

Apple libera terceiras versões beta do iOS 14.7, do iPadOS 14.7, do macOS Big Sur 11.5, do watchOS 7.6 e do tvOS 14.7

Posts Relacionados