O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

AirPods vs. Beats Studio Buds

Beats Studio Buds ou AirPods: qual o melhor fone de ouvido sem fio?

O preço é bem parecido. Já os recursos…

Esta semana, depois de semanas de vazamentos, aparições e imagens regulatórias, a Apple finalmente oficializou a existência dos Beats Studio Buds, os mais novos fones de ouvido sem fio da sua subsidiária focada em áudio.

Publicidade

O fato é que, pela primeira vez, temos uma espécie de sobreposição nas linhas de fones de ouvidos da Apple. Por US$150, os Beats Studio Buds custam apenas US$10 a menos do que os AirPods “tradicionais” — e ambos são fones pensados para o uso comum, do dia a dia.

A semelhança no preço é refletida no Brasil: por aqui, os AirPods saem por R$1.900, enquanto os Beats Studio Buds custarão R$1.800 quando desembarcarem em terras nacionais. Em Portugal, os valores são de 180€ e 145€, respectivamente.

Para que lado correr, então: Apple ou… quase Apple? Vamos comparar os dois fones logo abaixo.

Design e tamanho

O design dos AirPods dispensa apresentações: com seus fones perfeitamente brancos e as perninhas que se estendem para baixo do seu ouvido, será difícil confundir os fones da Maçã com quaisquer outros no mercado (a não ser, claro, seu exército de clones disponível em todos os cantos).

Beats Studio Buds

Os Beats Studio Buds, por sua vez, têm um visual mais “padrão”, próximo do que você encontraria em concorrentes como os Galaxy Buds Pro, os Amazon Echo Buds ou os AirDots, da Xiaomi. É inegavelmente um design mais discreto, para quem quer chamar menos atenção — e você ainda tem três opções de cores (preto, branco ou vermelho), ao contrário da opção única dos AirPods.

Indo para além do visual, a diferença fundamental entre os dois fones está na forma como eles se encaixam no seu ouvido: os AirPods são fones menos “intrusivos”, pensados para reproduzir sons sem bloquear completamente o mundo exterior. Já os Beats Studio Buds, como os AirPods Pro, são do tipo in-ear, com pontas de silicone (em três tamanhos) que bloqueiam os ruídos exteriores e criam uma experiência mais isolada.

Homem usando AirPodsBeats Studio Buds

Em termos de conforto, não há um consenso: há quem prefira a experiência mais “livre” dos AirPods, enquanto outros gostam mais do encaixe preciso dos fones intra-auriculares. O fato é ambos pesam quase a mesma coisa: cada AirPod registra 4g na balança, enquanto cada Beats Studio Bud pesa 5g — ou seja, nenhum dos dois há de pesar a sua cabeça mesmo após horas de uso. Ambos são resistentes a água e suor, vale notar.

Em termos de estojo, ambos são diminutos e ocupam basicamente o mesmo volume — o dos AirPods é um pouco menor, coisa de 1,5cm mais curto em sua maior dimensão. O estojo dos Beats Studio Buds também é ligeiramente mais pesado: 48g contra 40g da case dos AirPods.

Recursos

Controles físicos

Os dois fones possuem métodos de controle próprios; a diferença é que, enquanto os AirPods são controlados por toques (“batidinhas”), os Beats Studio Buds têm pequenos botões na parte exterior dos dispositivos. Aí, vai da preferência de cada um: há quem prefira a simplicidade do toque, enquanto outros podem gostar mais dos botões por evitar controles acidentais ao ajustar os fones.

“E aí, Siri”

Eles também possuem suporte ao comando “E aí, Siri” quando conectados a um iPhone ou iPad, então você pode simplesmente proferir o comando para que a assistente comece a lhe ouvir. Ambos também suportam o Áudio Espacial do Apple Music, mas sem o recurso de rastreamento de cabeça dos AirPods Pro/Max. Nenhum dos dois conta com suporte à reprodução lossless da plataforma.

Cancelamento ativo de ruído e modo ambiente

A grande vantagem dos Beats Studio Buds em relação aos AirPods está no cancelamento ativo de ruído, que é um recurso presente apenas nos (bem mais caros) AirPods Pro. Para quem não conhece a tecnologia, os fones da Beats “escutam” o mundo ao seu redor e emitem ondas sonoras para bloquear estes ruídos, isolando ainda mais a experiência auditiva do usuário.

Também é possível ativar nos Beats Studio Buds o chamado modo ambiente, o qual permite que os ruídos externos passem para o ouvido do usuário — ideal para quando você está caminhando na rua e precisa estar alerta aos seus arredores, por exemplo, ou conversando com alguém.

Compartilhamento de áudio e troca automática de aparelhos

Os AirPods, por outro lado, também têm alguns recursos não encontrados nos seus primos. Os fones da Apple são capazes, por exemplo, de detectar quando estão (ou não) posicionados nos ouvidos dos usuários, pausando ou retomando a reprodução automaticamente caso você coloque ou retire os fones.

Eles também são compatíveis com o Compartilhamento de Áudio, que permite transmitir o mesmo conteúdo para dois pares de fones.

Compartilhar áudio com outros AirPods

Além disso, os AirPods são compatíveis com a troca automática entre seus dispositivos da Maçã — isto é, você conecta os fones ao seu iPhone, por exemplo, e eles serão automaticamente emparelhados ao seu iPad e Mac (ou qualquer outro dispositivo associado à sua ID Apple). Os fones podem, a partir daí, fazer a transição automática para funcionar com o aparelho que você esteja utilizando a cada momento.

Os Beats não têm esses recursos.

Recarga sem fio

Por fim, se a recarga sem fio é um ponto importante para você, os AirPods saem na frente de novo: você pode adquirir os fones da Apple em uma versão mais cara com o estojo de recarga sem fio (ou adquirir o estojo especial separadamente). No caso dos Beats, não há escolha: o estojo não possui recarga sem fio e ponto final.

Conectividade

Os AirPods contam com o chip H1, da Apple, que possibilita alguns dos recursos citados na seção anterior (como o emparelhamento automático e a transição automática entre seus dispositivos da Maçã). Os Beats, por outro lado, não contam com o chip — ao contrário até mesmo de alguns outros fones da empresa, como os Powerbeats Pro.

Conexão dos Beats Studio Buds

Apesar disso, os Beats Studio Buds reproduzem, via software, alguns dos truques que nos acostumamos a associar ao H1. Você ainda poderá abrir o estojo dos fones próximo ao seu iPhone ou iPad e uma janela de conexão se abrirá automaticamente no dispositivo; você poderá ver o nível de bateria dos fones e do estojo no seu aparelho, ou mesmo configurar o cancelamento ativo de ruídos ou o modo ambiente na Central de Controle.

Mas por que a Apple optou por deixar o chip H1 de fora dos Beats Studio Buds? Não há uma resposta oficial, mas a hipótese mais provável é que a empresa tenha feito um apelo especial aos usuários do Android: ao colocar um processador especial nos fones, a Maçã pôde torná-los compatíveis com uma série de recursos do sistema do Google, como o Fast Pair. Você também pode conferir o nível de recarga dos Beats Studio Buds (fones e estojo) no painel de notificações do Android, de forma basicamente nativa.

O aceno aos usuários do robozinho também está no estojo dos Beats, que é recarregado via USB-C — no caso dos AirPods, a case tem uma porta Lightning. Ambos os fones conectam-se aos dispositivos via Bluetooth 5.0.

Bateria

Aqui, os Beats Studio Buds saem na frente — nos números oficiais divulgados pela fabricante, pelo menos. De acordo com a Beats, os fones podem resistir por até 8 horas de reprodução — ou 5 horas, com o cancelamento ativo de ruídos ou o modo ambiente ligado. Os AirPods, por sua vez, também duram cerca de 5 horas segundo a Apple (mas sem os modos especiais, já que ele não os tem).

Por outro lado, o estojo dos AirPods é capaz de complementar a reprodução por cerca de 19 horas, contra cerca de 16 horas dos Beats. Em ambos os casos, você consegue “encher o tanque” para 3 horas de reprodução carregando os fones por 15 minutos.

Som

Simbolizando que o foco dos fones realmente não está no público audiófilo, a Apple não compartilha dados técnicos em relação aos drivers dos AirPods. Os Beats, por outro lado, têm um autodescrito “driver com diafragma de dois elementos”, com um alojamento de câmara dupla que resulta em um “som cristalino com separação estéreo excepcional”.

Isso, claro, não quer dizer muita coisa — até porque os gostos em termos de áudio variam de pessoa para pessoa. Podemos, entretanto, dar uma olhada em alguns reviews já publicados na vasta e assustadora internet para termos uma ideia das diferenças. O Ars Technica colocou o desempenho sonoro dos Beats Studio Buds no patamar dos (tecnicamente superiores) AirPods Pro:

Eu achei os Studio Buds uma surpresa agradável. Fones antigos e medíocres da Beats colocaram na empresa uma reputação de graves exagerados, mas isso não é um problema aqui. Há um impacto nos tons mais graves, mas tudo é bem equilibrado, sem invadir muito os agudos ou os médios. […] Comparados aos Studio Buds, os AirPods Pro têm um perfil igualmente suave que também tira um pouco da ênfase dos agudos, mas soa mais “preenchido” e dinâmico num geral.

O 9to5Mac teve uma opinião diferente:

Na prática, os Beats Studio Buds soam bem, especialmente na faixa de preço dos US$150. Nos meus testes, o desempenho dos fones não foi tão rico ou preenchido como o dos Powerbeats Pro ou o dos AirPods Pro. […] A qualidade de som é semelhante, senão idêntica, à dos AirPods tradicionais.

Obviamente, a impressão final vai ficar a gosto do freguês.

Conclusão

A conclusão é que… bom, não há uma resposta certa. Fones de ouvido, por natureza, são dispositivos muito pessoais — desde o encaixe dos fones ao seu ouvido até o tipo de som oferecido por cada dispositivo e os recursos, vai do gosto de cada um analisar o que é importante para o seu uso e os seus hábitos.

O fato é que, no geral, os AirPods parecem ser uma opção mais focada em usuários com os dois pés fincados no ecossistema da Apple — recursos como a troca automática e o compartilhamento de áudio são prova disso. Os Beats, por sua vez, apelam para um público mais geral, que transita entre dispositivos de diferentes marcas e não se importa com alguns recursos específicos ligados a iPhones ou Macs.

Qual será (ou… seria) a sua escolha?


AirPods com estojo de recarga sem fio
AirPods de Apple Preço à vista: a partir de R$1.709,10
Preço parcelado: em até 12x de R$158,25
Lançamento: março de 2019

Beats Studio Buds
Beats Studio Buds de Apple Preço à vista: R$ 1.619,10
Preço parcelado: em até 12x de R$149,92
Característica: cancelamento ativo de ruído e modo ambiente
Cores: branca, preta ou vermelha
Lançamento: junho de 2021

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão por cada venda concluída por meio dos links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Banner de lançamento do Opera GX Mobile, primeiro navegador mobile para jogos

Opera lança GX Mobile, primeiro navegador gamer para smartphones

Próximo Artigo
Mulher executiva segurando um iPhone 12 Pro Max

Oferta: iPhone 12 Pro Max de 256GB com 21% de desconto!

Posts Relacionados