O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Laptop Mag
Ilustração de chip da Intel e chip M1

Intel perderá bastante mercado com a chegada do Apple Silicon, aponta DigiTimes

A Intel continuará perdendo espaço com o avanço da transição da Apple

A relação da Apple com a Intel definitivamente não é a mesma desde que a Maçã apresentou ao mundo seu próprio chip para computadores, o M1. Só que existem efeitos ainda mais profundos oriundos do progressivo fim da parceria entre as empresas.

Publicidade

De acordo com o DigiTimes, a Intel perderá 50% dos seus pedidos da Apple este ano e, ao fim da transição pro Apple Silicon, no ano que vem, a fabricante não terá nenhum pedido da Maçã. Isso fará, segundo a reportagem, com que a participação de mercado da Intel caia para menos de 80% em 2023.

Espera-se que a Intel perca quase 50% de seus pedidos da Apple em 2021 e acabará não obtendo pedidos desse cliente. Perdendo a participação de mercado de 10% da Apple e vendo a AMD permanecer firme com outros 10%, a participação da Intel no mercado de notebooks deverá cair para menos de 80% em 2023.

De fato, a Intel está ciente do impacto que o Apple Silicon terá em seus negócios, tanto que a empresa realizou várias campanhas de marketing contra Macs — chegando a dizer até mesmo que os laptops com processadores Intel são superiores em comparação aos Macs com chip M1.

Chip “A15”

Em uma nota relacionada, a TSMC — parceira da Apple na fabricação de chips para iPhones, iPads e Macs — já está olhando para além do chip “A15” que equipará os “iPhones 13” este ano. De acordo com outra publicação do DigiTimes, ela está “avançando rapidamente seus processos de 4 e 3 nanômetros para fabricação em massa”.

Ainda segundo as informações, o processo de 4nm da TSMC passará para a produção de risco — que antecede a produção em massa — no terceiro trimestre deste ano. O DigiTimes também apontou que o processo de produção de 3nm da TSMC começará a produção em volume no segundo semestre de 2022.

Publicidade

Vale notar que, segundo os rumores, os “iPhones 13” serão equipados com chips produzidos a partir de uma versão aprimorada do processo de 5nm (chamada de 5nm+ ou N5P) por meio do qual o chip A14 Bionic foi fabricado — como informamos recentemente, a TSMC já teria iniciado a produção em massa desse próximo chip.

via MacRumors, 9to5Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
MacBook Air dourado rodando o iMovie

Apple atualiza iMovie, Final Cut Pro, Motion e Compressor

Próximo Artigo
Podz

Spotify adquire a Podz, para aprimorar descoberta de podcasts

Posts Relacionados