O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

As diferenças entre o AppleCare Protection Plan e o AppleCare+

Oficialmente, apenas o AppleCare Protection Plan está disponível no Brasil
Produtos Apple com o AppleCare+ na frente

Quando você investe uma boa grana comprando um produto da Apple — seja ele um iPhone, iPad, Apple Watch, Mac ou uma Apple TV, é esperado que nada de errado aconteça com esses dispositivos, certo?

Publicidade

A gente sabe, porém, que nenhum deles é perfeito ou totalmente livre de problemas. Para amparar seus consumidores, a Apple tem um suporte para ajudar na resolução de possíveis problemas que possam vir a ocorrer.

Atualmente, são duas opções de suporte disponíveis: o AppleCare Protection Plan e o AppleCare+. Mas, afinal de contas, quais são as diferenças entre os dois? Pois bem, nos próximos parágrafos, tentaremos explicar tudo. 😄

Antes de mais nada, é preciso que você não confunda o AppleCare Protection Plan e o AppleCare+ com o AppleCare “normal”. Este último é ativado assim que você compra um novo produto. Com isso, você tem direito a suporte técnico gratuito via telefone por 90 dias após a data da compra. Após isso, o suporte continua através dos termos da garantia limitada de um ano (a partir da data da compra do aparelho) — no caso dos Apple Watches Edition e Hermès, o prazo de garantia é de dois anos.

AppleCare Protection Plan

O AppleCare Protection Plan — disponível oficialmente no Brasil — amplia o serviço e o suporte do AppleCare tradicional para um período que pode variar de acordo com o produto:

  • Mac: estende o período de garantia para três anos (um ano de fábrica mais dois anos extras) após a data de compra.
  • iPad: o período de extensão passa para dois anos (um ano de fábrica e um ano extra) após a data de compra.
  • iPod: estende o período de suporte para dois anos (um ano de fábrica e um ano extra) após a compra.
  • Apple TV: garante o suporte para um total de dois anos (um ano de fábrica e um ano de suporte extra).

Além de ganhar um tempo extra de cobertura para serviço e suporte autorizado da Apple, quem opta pelo AppleCare Protection Plan ainda conta com acesso prioritário ao suporte técnico, cobertura de reparos (levando o dispositivo a uma Apple Store ou um prestador de serviços da empresa) e troca da bateria (caso ela retenha menos de 80% da sua capacidade original).

Preços

Os preços do AppleCare Protection Plan variam de acordo com o produto.

Prazo para compra

Atente-se de que só é possível comprar um dos planos do AppleCare Protection Plan enquanto o produto estiver coberto pela garantia limitada de um ano.

AppleCare+

O AppleCare+ eleva a experiência de suporte da Apple a um novo patamar, oferecendo benefícios contra danos acidentais (limitados a dois a cada 12 meses). Isso engloba, por exemplo, telas rachadas, trocas de baterias e a quebra completa do dispositivo.

Pagando uma pequena taxa extra — muito menor do que se fosse em uma troca normal —, a Apple faz esse reparo do dano acidental. É como se fosse basicamente uma franquia de um seguro, por exemplo.

Publicidade

Nos Estados Unidos — e apenas lá —, ainda há uma opção acima do AppleCare+ disponível para iPhones, batizada de AppleCare+ with Theft and Loss (contra roubo e perda). Com ela, além dos benefícios do AppleCare+, usuários ganham direito de até dois incidentes de roubo ou perda de aparelhos a cada 12 meses. Assim como o AppleCare+, você precisará pagar uma “franquia” no plano que cobre roubos e perdas, o que ainda pode ser uma excelente opção caso você more nos EUA. A única exigência é que você esteja com o app Buscar (Find My) ativado.

Preços

Apesar de todos esses benefícios, o AppleCare+ não está disponível oficialmente para compra no Brasil. Porém, já ensinamos por aqui como você pode contratá-lo em terras tupiniquins (ou em Portugal) de um jeito bem fácil — ainda que não seja vendido nesses países, ele é suportado globalmente pela Apple.

Dito isso, vamos aos preços americanos de contratação do AppleCare+ propriamente:

Caso algo aconteça com um dos seus aparelhos, você vai precisar pagar uma “franquia”, conforme explicamos acima. Esse valor também varia de acordo com o aparelho:

  • Mac: US$100 (danos na tela ou no corpo do dispositivo); US$300 (outros danos)
  • Apple Display: US$100
  • iPad: US$50 (para o aparelho em si); US$30 (para o Apple Pencil ou teclado da marca Apple)
  • iPhone: US$30 (danos na tela); US$100 (qualquer outro dano acidental)
  • iPod touch: US$30
  • Apple Watch: US$70
  • Apple Watch Edition e Hermès: US$80
  • Apple TV: US$15
  • HomePod: US$40
  • HomePod mini: US$15
  • Fones de ouvido Apple e Beats: US$30

Todavia, a boa notícia é que, embora o AppleCare+ não seja vendido no Brasil, ele é totalmente aceito em nosso país — e o melhor: sem a cobrança das franquias acima listadas.

A única exceção é o AppleCare+ with Theft and Loss. Neste caso, as proteções contra roubo e perda valem apenas em território americano.

Prazo para compra

Atente-se que o prazo para contratação do AppleCare+ cai para “apenas” 60 dias após a compra dos aparelhos. Após esse prazo, até é possível adquiri-lo, mas o aparelho precisará passar por uma inspeção física a ser realizada pela Apple — e você não conseguirá fazer isso no Brasil.


E aí, depois disso deu para entender a diferença entre as opções de planos oferecidos pela Maçã? 😉

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão por cada venda concluída por meio dos links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

via How-To Geek

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Logos do Patreon e do Catarse

Mais de 200 obrigados a vocês, patrões do MacMagazine!

Próximo Artigo
HomePod mini branco numa cozinha

O que é e como funciona o Thread

Posts Relacionados