O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

O que é e como funciona o Thread

HomePod mini branco numa cozinha

Durante os lançamentos do HomePod mini e da Apple TV 4K de segunda geração, um detalhe chamou a atenção de quem se atenta às especificações técnicas desses produtos: o suporte a uma tecnologia chamada Thread.

Publicidade

Mas o que exatamente seria isso? Uma dica: tem a ver com os dispositivos conectados para tornar a sua casa inteligente. Nos próximos parágrafos, explicaremos os detalhes.

Antes de mais nada, é preciso levar em conta que existem diversos tipos de protocolos para o controle de dispositivos em uma casa inteligente, sendo o Zigbee, o Z-Wave e o próprio Wi-Fi os mais conhecidos.

Os diferentes tipos de protocolos

O Zigbee é um padrão aberto, portanto, pode ser usado livremente pelas empresas para incorporá-lo em seus produtos. Ele funciona na frequência de rádio no espectro de 800MHz a 900MHz. Na maioria dos casos, os dispositivos conectados que usam esse protocolo conseguem “conversar” entre si mesmos se não forem fabricados pela mesma empresa.

O Z-Wave, por outro lado, não é um formato aberto. Ele é controlado pela empresa dinamarquesa Zensys. A frequência de funcionamento desse protocolo depende muito do país onde você se encontra (no Brasil, ela é de 921,4 MHz). Em comparação ao Wi-Fi e ao Zigbee, é o mais lento deles.

Publicidade

Já o Wi-Fi dispensa apresentações. Ele é, sem dúvidas, o formato mais popular, proporcionando uma configuração fácil e rápida. É tirar o produto da caixa e usar! 😊

E o Thread?

O protocolo Thread permite uma “conversa” entre os dispositivos de maneira muito mais estável e rápida do que esses mencionamos acima. Além da Apple, o Google e a Amazon também fazem parte do grupo que apoia essa tecnologia — que assim como o Zigbee, é aberta às fabricantes.

O que faz do Thread um protocolo bastante promissor é que ele não precisa de um hub para funcionar. Os dispositivos com essa tecnologia possuem a capacidade de se auto-recuperarem, ou seja: caso a conexão de algum aparelho esteja instável, os demais continuarão funcionando, sem nenhum tipo de interrupção.

A questão de segurança também é um ponto importante levado em conta no Thread, já que ele usa criptografia AES. Isso faz com que seja mais difícil que haja alguma invasão ou uma falha na rede.

Além disso, ele permite uma maior economia de energia — permitindo aos dispositivos que funcionam com uma bateria interna uma longevidade maior.

Dispositivos compatíveis com o Thread

Além de o HomePod mini e a Apple TV 4K (segunda geração) já estarem prontos para o protocolo Thread, outras fabricantes de dispositivos para casas inteligentes já estão lançando seus produtos.

É o caso da Eve, empresa alemã que já possui em seu portfólio produtos como sensores de portas e janelas, plugues de tomada inteligentes e interruptores de luz já com suporte ao Thread.

Eve

Além da Eve, a Nanoleaf também oferece soluções com o Thread. Entre as opções, temos lâmpadas inteligentes e suas famosas luzes de parede no formato hexagonal.

Nanoleaf

O Google, igualmente, implementou o suporte ao Thread em alguns de seus produtos da linha Nest, como o alto-falante inteligente Nest Hub Max e nos seus roteadores Google Nest Wifi.

A lista completa de produtos compatíveis com essa tecnologia podem ser conferidos diretamente no site do Thread.


Que venham esses e mais avanços! 😊

via Opensource.com, The Ambient, HomeKit Authority

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Produtos Apple com o AppleCare+ na frente

As diferenças entre o AppleCare Protection Plan e o AppleCare+

Próximo Artigo
iPhone com Ajustes abertos no Wi-Fi em cima de um MacBook Pro

Bug inusitado desativa completamente o Wi-Fi de iPhones

Posts Relacionados