O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Render de "iPhone 13 mini"

Rumor: linha “iPhone 13” não terá opção de 1TB

E mais: o “iPhone 13 mini” existirá, mas poderá ser o último da sua linhagem

Já faz algum tempo que ouvimos rumores dando conta de que os “iPhones 13” — pelo menos os modelos Pro — chegarão com uma nova opção de armazenamento, de 1TB. Pois hoje, analistas da TrendForce chegaram para jogar um balde de água fria na especulação.

Publicidade

De acordo com a firma, a família do “iPhone 13” (os analistas os chamam de “iPhone 12s”, mas por ora mantenhamos o nome ao qual nos acostumamos) manterá as mesmas opções de armazenamento dos iPhones 12 — isto é, os modelos comuns terão versões de 64GB, 128GB e 256GB, enquanto os modelos Pro, de 128GB, 256GB e 512GB. O marco do terabyte, pelas fontes ouvidas pelos analistas, ficará para uma próxima oportunidade.

A TrendForce trouxe também outros rumores sobre a futura linha de smartphones, corroborando várias especulações já ventiladas anteriormente. Segundo a empresa, a nova família será idêntica à atual em composição, com quatro modelos — o mini, o “comum”, o Pro e o Pro Max. Todos terão design e tamanhos de tela iguais aos dos modelos atuais, mas com recortes (notches) ligeiramente menores.

A nova linha será equipada com o chip “A15 Bionic”, ainda com litografia de 5nm (a expectativa é que o salto para os 3nm ainda demore um ou dois anos), e todos os modelos manterão os painéis OLED1 — apenas os modelos Pro, entretanto, receberão as telas ProMotion, com taxa de frequência variável que pode chegar a 120Hz.

Ainda segundo os analistas, todos os modelos da nova linha terão sensor-shift na câmera grande-angular — atualmente, o recurso é exclusivo do iPhone 12 Pro Max. O scanner LiDAR, por sua vez, continuará como um recurso exclusivo dos modelos Pro — falando neles, os “iPhones 13 Pro” receberão ainda autofoco na lente ultra-angular.

Publicidade

Os preços, segundo a TrendForce, serão basicamente os mesmos da linha atual, partindo de algo em torno de US$700 US$730 para o modelo mini e chegando aos US$1.100 no Pro Max.

Menos foco no “iPhone 13 mini”

Em seu relatório, a TrendForce trouxe também dados sobre as expectativas comerciais dos futuros aparelhos. De acordo com os analistas, a Maçã deverá ter um crescimento de 12,3% na produção de iPhones em 2021, chegando a 223 milhões de unidades — e há espaço para crescer ainda mais no futuro próximo, caso a empresa consiga driblar as dificuldades da crise de chips.

As razões para esse crescimento são várias: desde o arrefecimento da pandemia da COVID-19 até uma decisão da Huawei de colocar o pé no freio nos segmentos mais altos do mundo dos smartphones, priorizando os modelos intermediários e de entrada.

O foco da Apple na nova linha, entretanto, serão os seus três modelos mais caros — o “iPhone 13 mini” existirá, mas não deverá representar grande parte das vendas nem receberá muita atenção da Maçã no marketing da família. Isso porque, segundo a TrendForce, o iPhone 12 mini realmente decepcionou: de acordo com os analistas, o “fim de ciclo” do dispositivo aconteceu antes do previsto, no segundo trimestre de 2021 — o que pode significar que a Apple já interrompeu a produção do modelo por vendas baixas.

Ou seja: se você gosta de iPhones diminutos, talvez a próxima geração seja a última na qual você terá a oportunidade de colocar as mãos em um deles. 😕


iPhones 12 Pro (miniatura)
iPhones 12 Pro e 12 Pro Max de Apple Preço à vista: a partir de R$9.899,10
Preço parcelado: em até 12x de R$916,58
Cores: grafite, prateada, dourada e azul-pacífico
Capacidades: 128GB, 256GB ou 512GB
Lançamento: outubro de 2020

iPhones 12 mini e 12 roxo
iPhones 12 mini e 12 de Apple Preço à vista: a partir de R$5.129,10
Preço parcelado: em até 12x de R$474,92
Cores: branca, preta, azul, verde, roxa e (PRODUCT)RED
Capacidades: 64GB, 128GB ou 256GB
Lançamento: outubro de 2020

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão por cada venda concluída por meio dos links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

via AppleInsider

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
"Live Audio Rooms", novo produto do Facebook — e rival do Clubhouse —, rodando no iOS

Facebook lança seu concorrente do Clubhouse e suporte a podcasts

Próximo Artigo
AirBuddy

AirBuddy 2.4 chega com alertas personalizáveis de baterias

Posts Relacionados