O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Kuo: iPhones de 2022 terão Touch ID na tela e fim do mini

Será a oportunidade de adquirir um modelo de 6,7″ por um preço mais baixo
Touch ID na tela
Redmond Pie

E cá estamos nós com mais previsões do nosso amigo de sempre, Ming-Chi Kuo! Hoje, o analista chegou para trazer previsões sobre os iPhones do futuro — e não do futuro imediato.

Publicidade

Em nota enviada a investidores, Kuo compartilhou as informações mais recentes que obteve sobre os iPhones de 2022 — ou “iPhones 14”, caso queira chamá-los assim desde já.

O analista começou corroborando os rumores de que a linha abandonará de vez o modelo mini por conta do seu insucesso comercial. Segundo Kuo, em 2022 veremos quatro modelos, sendo dois de 6,1 e dois de 6,7 polegadas. Em termos de nomenclatura, o mais provável é que os dispositivos se chamem “iPhone 14”, “iPhone 14 Max”, “iPhone 14 Pro” e “iPhone 14 Pro Max”.

Sobre esse suposto “iPhone 14 Max”, especificamente, Kuo acredita que teremos o smartphone de 6,7 polegadas mais barato já lançado pela Apple — o analista aposta num preço abaixo de US$900. O “iPhone 14 Pro Max”, por sua vez, teria o mesmo tamanho de tela mas viria com recursos adicionais, justificando sua etiqueta semelhante à do atual iPhone 12 Pro Max, de cerca de US$1.100.

Publicidade

Kuo trouxe também alguns dos principais recursos que deveremos ver nos futuros aparelhos, incluindo o retorno do Touch ID — desta vez, embutido na tela — e uma nova câmera grande-angular com resolução de 48MP. O analista não especificou, entretanto, se os recursos virão para toda a linha ou se serão exclusivos dos modelos mais caros.

Também não temos informações sobre possíveis mudanças visuais nos futuros modelos — mas é bom lembrar que, anteriormente, Kuo já tinha afirmado que a família do “iPhone 14” substituirá o característico recorte (ou notch) por uma câmera no estilo hole-punch, com um buraco na tela.

Otimismo com “iPhones 13”

Kuo falou também sobre as expectativas comerciais dos vindouros “iPhones 13” — que, pelo visto, são as melhores possíveis.

Corroborando as expectativas da TrendForce, o analista acredita que as vendas de iPhones atingirão algo entre 230 e 240 milhões de unidades em 2021, chegando a 240-250 milhões em 2022 — comparativamente, foram cerca de 195 milhões de unidades em 2020.

Kuo aposta que a alta dos smartphones da Maçã será acelerada pela geração do “iPhone 13”, com novidades que justificarão o upgrade para uma série de usuários, estimulada até mesmo pela continuidade do banimento da Huawei nos Estados Unidos.


iPhones 12 Pro (miniatura)
iPhones 12 Pro e 12 Pro Max de Apple Preço à vista: a partir de R$9.899,10
Preço parcelado: em até 12x de R$916,58
Cores: grafite, prateada, dourada e azul-pacífico
Capacidades: 128GB, 256GB ou 512GB
Lançamento: outubro de 2020

iPhones 12 mini e 12 roxo
iPhones 12 mini e 12 de Apple Preço à vista: a partir de R$6.299,10
Preço parcelado: em até 12x de R$583,25
Cores: branca, preta, azul, verde, roxa e (PRODUCT)RED
Capacidades: 64GB, 128GB ou 256GB
Lançamento: outubro de 2020

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão por cada venda concluída por meio dos links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

via 9to5Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
AirTag sendo emparelhado a iPhone

Apple volta a liberar atualização de firmware pros AirTags

Próximo Artigo
Parte traseira do novo iPhone SE

Kuo reafirma chegada de novo iPhone SE com 5G no início de 2022

Posts Relacionados