O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

CEO da Microsoft convida iMessage para a loja de apps do Windows

iMessage
guteksk7 / Shutterstock.com

A Microsoft anunciou agora há pouco o Windows 11 e o CEO1 da empresa, Satya Nadella, conversou com Joanna Stern (jornalista do The Wall Street Journal) sobre a próxima atualização do sistema operacional e até “convidou” o iMessage para a Microsoft Store — algo que não é lá tanta novidade assim, diga-se.

Publicidade

Como noticiamos mais cedo, a nova loja de apps do Windows 11 chegará com um novo design e oferecerá suporte nativo pela primeira vez a aplicativos de Android — graças a uma parceria com a Amazon App Store.

Durante a conversa, Nadella se mostrou otimista quanto ao futuro do ecossistema da companhia que chefia e reafirmou que todos os desenvolvedores, apps e até mesmo outras lojas são bem-vindos.

Quando questionado sobre a integração entre os serviços da Microsoft com iPhones, Nadella respondeu:

Publicidade

Adoraríamos que funcionassem melhor, [e] fazemos tudo o que podemos. Como qualquer coisa que a Apple deseje fazer com o Windows, quer seja o iTunes, o iMessage ou outra coisa, [eles] serão bem-vindos. Mas, de modo geral, queremos ter certeza de que nosso software funcione perfeitamente em dispositivos Apple.

Sem dúvidas, o iMessage tem uma enorme força em diversas regiões e já virou uma marca dos dispositivos da Apple. Apesar de a empresa ter “aberto” o FaceTime para Android e Windows, seu mensageiro continua exclusivo para iPhones, iPads e Mac.

Vale notar, contudo, que durante o julgamento do seu imbróglio com a Epic Games, emails trocados entre executivos da Apple revelaram que a Maçã já considerou levar o iMessage para o Android. Como sabemos, os planos não saíram do papel.

Será que a empresa cederá ao apelo de Nadella? Veremos…

via 9to5Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Search Ads

Apple lança Search Ads da App Store na China

Próximo Artigo
Página do iPhone 12

Pesquisa: 1 em 4 smartphones foram comprados online em 2020

Posts Relacionados