O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Trabalhadores numa fábrica
Nikkei

Produção dos “iPhones 13” começa dentro do prazo

Estamos a apenas alguns meses do lançamentos dos próximos iPhones — popularmente chamados de “iPhones 13” — e, como em anos anteriores, as fornecedoras da Apple começaram a obter os pedidos para a produção dos novos gadgets.

Publicidade

Em anos “normais” — leia-se: antes da pandemia do novo Coronavírus (COVID-19) —, esse começo de produção acontecia geralmente no fim de junho ou no início de julho. Já a montagem dos iPhones normalmente começa no fim de julho, uma vez que a Apple tem que estocar milhões de unidades até o início das vendas.

No ano passado, entretanto, a empresa foi forçada a atrasar o lançamento dos iPhones 12 para outubro — cerca de um mês após seu cronograma de lançamento normal. Apesar do atraso em 2020, a Apple deverá lançar os iPhones deste ano em setembro, como já ventilado por analistas da Wedbush.

Ademais, o mercado de smartphones (e não só ele) enfrenta outra crise este ano: a de escassez de chips. Apesar do péssimo cenário para fabricantes e montadoras, tudo indica que a Apple será capaz de cumprir o prazo de produção uma vez que seus pedidos são vistos como prioridade pelas fornecedoras.

Publicidade

Em uma nota relacionada, o DigiTimes informou que a fornecedora de bloqueadores de energia Cyntec verá sua receita crescer 25% no segundo trimestre de 2021 (em relação ao mesmo período do ano passado) devido aos pedidos da Apple — os quais aumentarão no terceiro trimestre por conta do aumento da produção de iPhones com 5G.

Que bom que tudo está dentro do cronograma, então — pelo menos por enquanto.

iPhone 12 Pro iPhone 12

via MacRumors

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Adobe Photoshop Sketch

Adobe descontinuará Photoshop Sketch e Illustrator Draw

Próximo Artigo
Trocando a bateria do AirTag

Crianças devem ficar longe de AirTags, adverte órgão australiano

Posts Relacionados