O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Conceito de "iPhone 13 Pro"

Samsung produzirá “só” 30% das placas de circuito pro “iPhone 13”

A Apple está substituindo a gigante sul-coreana pela BH

Faltam cerca de três meses para o lançamento dos rumorados “iPhones 13 e, enquanto nós sabemos quase tudo sobre a futura linha de smartphones, a Apple está correndo atrás para iniciar a produção dos novos dispositivos.

Publicidade

Agora, segundo o The Elec, a Maçã está fazendo algumas mudanças nos seus fornecedores de placas de circuito impresso flexíveis rígidas (também conhecidas como RFPCBs).

Enquanto nos últimos anos a Samsung tem sido a principal fornecedora dos RFPCBs para a Apple, a empresa está planejando encerrar as suas linhas de manufatura de tais componentes, deixando assim a sua maior cliente na mão.

Apesar disso, a Apple já encontrou uma nova parceira para produzir parte dessas placas e está fazendo algumas mudanças na repartição entre os pedidos de suas fornecedoras, para garantir que consiga dar conta da demanda.

Publicidade

De acordo com a reportagem, a empresa sul-coreana BH suprirá cerca de 50% da produção de placas de circuito, enquanto a Samsung Electro-Mechanics cobrirá por volta de 30% dela; por último, a Youngpoong Electronics entregará por volta de 10% da produção.

As placas de circuito impresso são usadas para conectar a placa principal ao painel OLED1. Ser ao mesmo tempo rígido e flexível permite que empresas como a Apple projetem seus telefones com mais facilidade. As placas também enviam sinais elétricos com mais rapidez.

Com a Samsung planejando sair desse mercado, é provável que a BH continue como a maior fornecedora de RFPCBs da Apple. Ela poderá suprir cerca de 70% da demanda da Maçã em 2022, enquanto que a Youngpoong supriria os 30% restantes.

Publicidade

A reportagem ainda menciona que outras fabricantes também poderão entrar nessa jogada, visto que empresas como a Interflex já supriram esses componentes à Apple para o lançamento do iPhone X. Ela, no entanto, foi retirada da lista de fornecedores da Maçã por conta de defeitos nas placas.

Os iPhones desse ano deverão ter câmeras aprimoradas, baterias maiores, uma tela ProMotion (120Hz) nos modelos Pro, uma nova orientação nas câmeras traseiras dos modelos “normais” (em diagonal) e um notch levemente reduzido.

Fato é que a produção desses modelos está cada vez mais engrenada e podemos esperar que o lançamento dos próximos smartphones ocorra, como de costume, em setembro.

via Patently Apple

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
MacBook Air com chip M1

Oferta: MacBook Air (M1) com 32% de desconto!

Próximo Artigo
Calendário de lançamentos da Apple

Calendário de parede traz datas dos lançamentos da Apple

Posts Relacionados