O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Campus na Carolina do Norte

Apple investirá US$1 bi em novo campus na Carolina do Norte

Este será o primeiro campus da Maçã no leste dos EUA

A Apple está expandindo cada vez mais as suas operações e, de fato, a pandemia da COVID-19 apenas acelerou esse processo. Segundo informações da CNBC, a empresa está investindo cerca de US$1 bilhão em um centro de engenharia em Raleigh (Carolina do Norte, Estados Unidos).

Publicidade

Esse será o primeiro campus da Maçã na costa leste dos EUA, visto que as suas principais operações ainda acontecem em Cupertino, na Califórnia. A Apple, entretanto, já possui um data center e usinas de energia solar na Carolina do Norte.

O hub de engenharia da Apple empregará 3.000 pessoas em áreas como aprendizado de máquina, inteligência artificial e engenharia de software.

Contudo, a decisão de expandir as operações para o estado da Carolina do Norte não ocorreu da noite para o dia. De acordo com a CNBC, tanto a pandemia quanto a agitação social mudaram o cenário competitivo de como os estados atraem as grandes empresas de tecnologia.

A Apple não estabeleceu requisitos específicos para a escolha do estado, mas alguns fatores da negociação (que se iniciaram em 2018) incluíram diversidade e inclusão, incentivos fiscais e também o retorno da Apple ao modelo de trabalho presencial.

Publicidade

Pessoas familiarizadas com as negociações disseram que os principais fatores na escolha da Apple incluíram a qualidade de vida do estado, a presença de uma força de trabalho altamente qualificada e o fato de a Carolina do Norte ter uma alta concentração de instituições de ensino superior.

Incentivos fiscais também foram importantes para a decisão. A Apple poderá arrecadar US$845 milhões em incentivos fiscais ao longo de 39 anos se cumprir certos compromissos de contratação de funcionários — marcando, assim, o maior pacote de incentivos fiscais da história da Carolina do Norte.

Publicidade

O impacto econômico do polo de engenharia na região poderá ser de cerca de US$1,5 bilhão, enquanto a Apple ainda se comprometeu a contribuir com US$110 milhões para melhorias na infraestrutura em todo o estado e US$100 milhões para a educação.

No entanto, um projeto de lei aprovado em 2016 que anulou uma lei local em Charlotte, permitindo que pessoas trans usassem o banheiro de sua escolha, gerou polêmica. Autoridades estaduais confirmaram em abril que o projeto de lei, o qual acabou sendo reescrito em 2017, não combinava com o foco da Apple em diversidade.

Um projeto de expansão em 2018, também situado no estado da Carolina do Norte, foi cancelado pela Maçã, sendo, então, realocado para Austin (Texas) — alguns argumentaram que pode ter sido por causa dessa legislação controversa.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Filme - Alguém Avisa?

Filmes da semana: compre "Alguém Avisa?", com Kristen Stewart, além de vários outros títulos por R$9,90!

Próximo Artigo
Dashboard macOS

Site relembra os widgets do Dashboard do Mac OS X

Posts Relacionados