O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Apple prevê demanda 20% superior pelos “iPhones 13”, diz Bloomberg

Mockups dos "iPhones 13"

Talvez você não esteja tão empolgado assim com relação aos rumores da linha “iPhone 13” (ou “iPhone 12s”, vai saber), mas as previsões internas da Apple para ela são as mais positivas possíveis.

Publicidade

De acordo com a Bloomberg, a Apple solicitou um aumento na produção inicial dos novos smartphones, para 90 milhões de unidades — o que significaria uma demanda 20% superior em relação à dos “iPhones 12” no ano passado (que, vale lembrar, entraram no chamado “superciclo” de upgrades).

Embora a Apple tenha solicitado esse grande volume, não é certo que ela conseguirá produzir toda essa quantidade a tempo. Como sabemos, fabricantes estão enfrentando uma forte escassez de chips e, por mais que a Apple tenha se adiantado e se preparado para isso, seus planos poderão sim ser impactados.

A linha “iPhone 13” deverá chegar com os mesmos quatro modelos/tamanhos atuais (de codinomes D16, D17, D63 e D64), equipada com o chip “A15”, um recorte superior (notch) reduzido, câmeras aprimoradas, telas ProMotion (com taxa de atualização de até 120Hz, graças à tecnologia LTPO) nos modelos “Pro”, 5G mais rápido e com maior cobertura de frequências, entre outros.

Publicidade

Infelizmente, ao contrário do que rumores chegaram a apontar durante um certo tempo com relação à adição de um Touch ID sob a tela, o sistema de biometria dos novos iPhones continuará sendo somente via Face ID.

A Apple deverá apresentar esses novos iPhones e também o “Apple Watch Series 7” num evento especial em meados de setembro. Ainda para este ano, são aguardados novos MacBooks Pro de 14″ e 16″ com telas Mini-LED, bem como um iPad mini redesenhado.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Mostrando lembretes concluídos no iPhone

Como visualizar tarefas concluídas no Lembretes [iPhone, iPad e Mac]

Próximo Artigo
Recurso ATT no iOS

ATT causou queda de 20% na receita de anunciantes no iOS

Posts Relacionados