O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Entrada do Apple Park em Cupertino
JHVEPhoto / Shutterstock.com

Empregados da Apple ameaçam pedir demissão devido a política de trabalho remoto

Há algumas semanas, noticiamos que a Apple não abrirá mão do modelo de trabalho híbrido que entrará em vigor no Apple Park e em outros campi da empresa a partir de setembro.

Publicidade

A companhia estava sendo pressionada por grupos de empregados que demandam poder continuar trabalhando 100% de forma remota, mas considera “essencial” para os produtos e a cultura dela que boa parte do trabalho seja feito de forma presencial.

Obviamente, a história não acabou aí. Conforme noticiou o The Verge, alguns empregados já pediram demissão e outros estão ameaçando fazer o mesmo devido à inflexibilidade da Apple, porque ela estaria inclusive negando certos pedidos excepcionais.

Num grupo de Slack criado especificamente para discutir o assunto, que já conta com cerca de 6 mil empregados da Apple, divulgou-se a informação de que a Apple só está aprovando pedidos de trabalho remoto para pessoas com condições médicas devidamente documentadas que justifiquem tal exceção — e compartilhar detalhes pessoais assim não é algo que muitos deles aceitem.

Publicidade

O grupo agora discute quais serão os próximos passos dessa disputa. Uma possibilidade é enviarem uma nova carta conjunta ao time executivo da Apple; outra é partirem, de fato, para uma ação judicial.

Em paralelo a toda essa polêmica, recentemente também cobrimos que a Apple testará um modelo de trabalho remoto nas suas lojas.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Apple inicia promoção de volta às aulas em Portugal

Próximo Artigo

Google permite apagar os últimos 15 minutos de buscas no iOS

Posts Relacionados