O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Novo conceito para o Safari no iOS 15, publicado pelo 9to5Mac

Conceito se inspira no Mapas para “consertar” Safari do iOS 15

Desde que foi apresentado, o novo design do Safari no iOS 15, atualmente em fase beta, tem recebido inúmeras críticas. Explico: o navegador da Apple foi totalmente redesenhado e, a partir da próxima versão do sistema, mudará completamente a forma como interagimos com ele (e que já estamos acostumados).

Publicidade

Pensando nisso, o 9to5Mac publicou ontem um conceito para tentar “consertar” as coisas. O designer Parker Ortolani disse que seguiu os mesmos princípios da Maçã: criar um navegador móvel fácil de usar com uma mão e com uma boa fluidez.

No conceito, a controversa barra de pesquisa/endereços, que flutua na parte inferior — um possível obstáculo ao visitar sites com menus nessa região —, foi substituída por uma espécie de card que se expande quando arrastado para cima, inspirado no comportamento do app Mapas.

Quando minimizado, ele exibiria apenas cinco elementos: a barra de pesquisa/endereços, um botão de recarregar, um de compartilhamento, um de nova aba e outro para visualizar todas as abas abertas.

Arrastando o card inteiro para cima, seria possível visualizar as abas abertas, os favoritos, os conteúdos compartilhados por amigos e, provavelmente, o que temos hoje: sites mais visitados, Relatório de Privacidade e Lista de Leitura. Haveria, também, um atalho para os grupos de abas e outro para as janelas abertas em outros dispositivos.

Quanto à visualização de todas as abas, muitos até gostaram da forma como a Apple implementou no iOS 15, mas Ortolani tentou deixá-la o mais simples possível: alternando entre as janelas que estão de fato abertas e uma pré-visualização abaixo da barra de pesquisa/endereços.

Outro problema com o novo design, segundo o 9to5Mac, é a falta de espaço para botões de voltar e retornar. O site disse ser difícil encaixá-los nesse conceito, mas há um solução, a qual eles sugerem ser opcional, facilmente habilitados/desabilitados nos ajustes do app — já que os gestos comuns de deslizar para frente e para trás são fáceis de usar.

Vale lembrar que esse é o segundo conceito publicado pelo 9to5Mac. O primeiro, que saiu há poucos dias, tenta “consertar” a futura versão do Safari colocando a barra de pesquisas no topo da tela, trazendo de volta o menu de opções na parte inferior — mas no mesmo estilo flutuante implementado na nova versão.

E aí, o que acharam das alterações propostas por Ortolani? 🤔

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Snapchat implementa "My Places", sua própria versão do Foursquare

Snapchat lança "Meus Lugares", sua versão do Foursquare

Próximo Artigo
Novidades do Vivaldi 4.1

Navegador Vivaldi ganha grupos de abas e funções macro

Posts Relacionados