O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Fauzi Muda / Shutterstock.com
Android com o ícone da Google Play Store

Google revela mais detalhes sobre rótulos de privacidade da Play Store

Ainda faltam alguns meses para que a nova seção de segurança da Play Store seja lançada, mas o Google revelou ontem uma prévia de como ela pode ficar.

Publicidade

Se você não sabe (ou não lembra), em maio passado a empresa anunciou que sua loja de aplicativos passaria a mostrar rótulos de privacidade para cada aplicativo — tal como a Apple fez no iOS/iPadOS 14.3.

Por meio de uma lista, os usuários verão um breve resumo de como e quais dados os desenvolvedores podem coletar. Desta forma, haverá uma maior consciência para que os consumidores, de fato, escolham se desejam instalar os apps ou não.

Será possível visualizar detalhes de segurança que o próprio desenvolvedor escolhe destacar, tais como: se um aplicativo criptografa os dados, se o app é adequado para crianças ou, até mesmo, se foi validado por algum padrão de segurança global.

Publicidade

Os usuários ainda poderão tocar no resumo para ver mais detalhes sobre os tipos de dados coletados e como eles serão usados. Dentre eles, estão: localização e contato, informações pessoais (como nome e endereço de email), informações financeiras e outros.

A nova seção também informará se o app usa as informações recolhidas para seus próprios recursos, para personalização ou para outros fins. Além disso, os rótulos informarão se o usuário pode optar por não ter seus dados coletados ou se é realmente necessário conceder o acesso às informações para poder usar determinado aplicativo.

No início deste ano, a Apple exigiu que todos os novos aplicativos na ‌App Store fornecessem informações em seus rótulos de privacidade e que todos os existentes deveriam fornecê-las para que tivessem suas atualizações liberadas.

O Google, em contrapartida, afirma que alguns detalhes poderão mudar até que o recurso seja lançado — já que está previsto apenas para o primeiro trimestre do próximo ano. Ainda assim, todos os desenvolvedores serão obrigados a fornecer os rótulos até abril de 2022. As informações poderão ser enviadas para a companhia já em outubro próximo.

via TechCrunch

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
watchOS 7 em alguns Apple Watches

Apple atualiza o watchOS para a versão 7.6.1

Próximo Artigo
ECG no Apple Watch

Apple busca gerente de projetos para equipe de saúde

Posts Relacionados