O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Logo da Apple em loja
HiStockPhoto / Shutterstock.com

Apple sobe para 6º lugar no ranking Fortune Global 500

Após um tombo daqueles no ano passado, a Apple conseguiu recuperar o fôlego e subir do 12º para o 6º lugar no ranking Global 500 da Fortune — que classifica as empresas com as maiores receitas durante o ano fiscal encerrado até ou em 31 de março —, cuja lista foi divulgada hoje pela revista americana.

Publicidade

No geral, as empresas da lista deste ano geraram uma receita total de US$31,7 trilhões — mais de ⅓ do PIB1 mundial, porém uma queda de 5% em relação à lista anterior.

Fortune Global 500 (2021)

O lucro de todas as empresas da lista chegou a US$1,6 trilhão (outra queda, desta vez de 20%), com 69,7 milhões de pessoas empregadas pelas companhias da lista em todo o mundo.

A Apple, especificamente, teve um lucro de US$57 bilhões e é a empresa mais lucrativa de 2021, encerrando a hegemonia de dois anos da petrolífera Saudi Aramco.

Publicidade

A pandemia criou desafios e oportunidades para a Apple. O CEO Tim Cook teve que fechar lojas e mandar engenheiros para casa. Mas com os clientes da Apple em todo o mundo trabalhando e aprendendo remotamente, as vendas de iPads e Macs dispararam para os níveis mais altos de todos os tempos. E o faturamento do ano fiscal também atingiu um recorde histórico, de US$275 bilhões. Isso ajudou o preço das ações da Apple a disparar, subindo 80,7% em 2020.

À medida que o ano terminava, os órgãos reguladores fixaram seus olhos na Apple por potencialmente abusar de seu poder sobre a loja de aplicativos do iOS. Um relatório do subcomitê antitruste do Judiciário da Câmara em outubro concluiu que a Apple “exerce poder de monopólio” em sua loja de aplicativos para prejudicar a concorrência e aumentar os preços para os consumidores.

O Top 10 da lista ficou da seguinte forma este ano:

  1. Walmart (US$523 milhões) 
  2. State Grid (US$383 milhões)
  3. Amazon (US$280 milhões);
  4. China  National  Petroleum (US$379 milhões)
  5. Sinopec Group (US$407 milhões) 
  6. Apple (US$260 milhões)
  7. CVS Health (US$256 milhões)
  8. UnitedHealth Group (US$242 milhões) 
  9. Toyota Motor (US$275 milhões) 
  10. Volkswagen (US$282 milhões) 

Das 500 empresas, 122 das empresas listadas estão sediadas nos Estados Unidos e 143 na China. Além disso, 23 delas têm CEOs mulheres — 9 a mais que no ano passado.

via iMore

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Alugar ou comprar um filme pela Apple TV

Alguns filmes alugados pelo app Apple TV estão sem som

Próximo Artigo
Pessoa trabalhando no Microsoft Teams

Microsoft Teams ganha notificações nativas no macOS

Posts Relacionados