O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

AirTags ajudam desenvolvedor a recuperar patinete roubado

Dan Guido colocou dois rastreadores no seu veículo: um bem fácil de achar e outro basicamente indetectável

Já trouxemos para cá alguns casos de AirTags cumprindo sua função — isto é, encontrar coisas — em situações inusitadas ou pouco prováveis. A história compartilhada no Twitter por Dan Guido, por outro lado, vai além: no caso do desenvolvedor (e especialista em segurança digital), o rastreador da Maçã foi responsável por recuperar seu patinete elétrico roubado.

Publicidade

Guido, residente de Nova York, contou toda a história numa thread que você pode ler no Twitter, mas o resumo é: o desenvolvedor colocou não um, mas dois AirTags no seu patinete — uma mais visível, próximo ao pneu superior da scooter, e outro basicamente indetectável, escondido com fita isolante na parte inferior do veículo.

Patinete recuperado com a ajuda do AirTag

Na última semana, o patinete foi roubado quando Guido foi jantar num restaurante e não travou o veículo corretamente na grade de motocicletas. Como previsto, o AirTag mais visível foi rapidamente neutralizado, mas o rastreador escondido continuou funcionando normalmente. A polícia inicialmente se recusou a ajudar o desenvolvedor, que só conseguiu descobrir que o patinete estava num quarteirão da cidade — sem chegar perto o suficiente para ativar a localização precisa.

Após uma semana viajando (e já desesperançoso), Guido retornou a NY e percebeu que o AirTag continuava acusando a mesma localização aproximada. Mais uma vez, ele acionou a polícia e, demonstrando o funcionamento do rastreador, conseguiu que dois agentes o acompanhassem até o local. Lá, descobriram a provável localização do patinete: uma loja de bicicletas, mobiletes e patinetes elétricos usados.

Publicidade

Não deu outra: ao entrar no estabelecimento, a localização precisa do AirTag de Guido foi rapidamente ativada e ele conseguiu encontrar seu patinete. O desenvolvedor comprovou a posse do item tocando o sinal do rastreador e mostrando o emparelhamento do veículo com seu iPhone, por meio do aplicativo da Ninebot (fabricante da scooter).

Guido e a polícia ainda foram além, conseguindo a filmagem da pessoa que entregou a patinete na loja. Infelizmente, o veículo não saiu intacto do episódio, já que a loja acabou cortando os fios de freio da scooter por conta de um suposto mal funcionamento — por outro lado, a Ninebot aceitou receber o patinete de volta e dar um reembolso ao desenvolvedor.

Após a experiência, Guido compartilhou algumas dicas para quem pensa em usar o AirTag em casos de roubo: sempre ocultar bem o rastreador, não ativar o Modo Perdido (que poderá avisar ao ladrão que ele está sendo rastreado), agir rapidamente e sempre envolver a polícia — afinal de contas, você nunca sabe com que tipo de pessoas terá de lidar numa situação dessas.


AirTag (miniatura)
AirTag de Apple Preço à vista: a partir de R$332,10
Preço parcelado: em até 12x de R$30,75
Característica: rastreador (Bluetooth e UWB)
Pacotes: uma ou quatro unidades
Lançamento: abril de 2021

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão por cada venda concluída por meio dos links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

dica da Pat Junqueira

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Novos recursos do Instagram contra abuso

Instagram reforça medidas contra assédio com novos recursos

Próximo Artigo
Fixando conversas no Twitter

Twitter está testando opção de fixar conversas

Posts Relacionados