O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Funcionários da Apple questionam recursos contra abuso infantil

Logo da Apple
The Spokseman-Review

Depois de especialistas e entidades se posicionarem contra os futuros recursos de segurança do iOS/iPadOS 15 e do macOS Monterey 12 para inibir o abuso e a pornografia infantil, agora os próprios funcionários da Apple estão se juntando ao grupo de pessoas preocupadas com os planos da companhia, como divulgado pela Reuters.

Publicidade

Segundo a reportagem, um número não especificado de colaboradores têm recorrido aos canais internos da empresa no Slack (plataforma de comunicação empresarial) para discutir os recursos recém-anunciados — principalmente a detecção de imagens CSAM1.

Mais precisamente, muitos — foram mais de 800 mensagens trocadas na plataforma — têm se preocupado que a Apple possa “prejudicar sua reputação de líder em privacidade”. Além disso, alguns desses funcionários questionam se governos poderiam forçar a Apple a usar a tecnologia para censura ao expandir a análise para além de imagens com possíveis conteúdos ilegais — embora a própria Maçã tenha esclarecido que não cederá à pressão de governos.

A resistência dentro da Apple, pelo menos no que se refere aos canais do Slack, parece vir de funcionários que não fazem parte das equipes de segurança e privacidade da empresa; de acordo com fontes da Reuters, há funcionários que defenderam a posição da Apple dizendo que os novos sistemas são uma resposta razoável ao risco do abuso e da pornografia digital infantil.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Carregador e cabo do iPhone

Cliente ganha carregador após comprar iPhone 12 e processar a Apple

Próximo Artigo

Bateria MagSafe está agora disponível para compra no Brasil

Posts Relacionados