O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

As 10 Apple Stores mais bonitas e diferentes do mundo!

Confira essa seleção de obras de arte!

Existem mais de 500 Apple Stores em 25 países ao redor do mundo e, embora muitas delas estejam localizadas dentro de shopping centers (como aqui no Brasil) ou possuam uma aparência bem padrão, existem algumas que se diferenciam — e muito! — das outras.

Publicidade

Algumas dessas lojas se diferenciam pela sua arquitetura, seja ela clássica ou contemporânea; outras, por conta da sua localização peculiar; e existem aquelas que são simplesmente diferentes em todos os sentidos!

Resolvemos, então, procurar as lojas da Apple que mais nos chamaram a atenção e fazer uma lista com o nosso Top 10.

Obviamente, cada um de nós tem um gosto diferente, então pode ser que você não concorde com todas as selecionadas nessa lista — ou tenha uma ou outra que acabou não entrando. De qualquer forma, o importante, aqui, é apreciarmos essa seleção de incríveis obras de arquitetura e design!

A criação das Apple Stores

Antes de adentrarmos ao nosso Top 10, vamos entender um pouco sobre a criação das Apple Stores. Que tal?

Por alguns anos, antes mesmo da abertura das suas primeiras lojas oficiais, a Apple já vinha tentando estabelecer uma presença no setor de varejo por meio de lojas-conceito ou, então, de seções dedicadas aos seus produtos dentro de outras grandes varejistas americanas, como Best Buy, Sears e CompUSA.

Publicidade

Havia, no entanto, copiosos problemas nessa abordagem. O primeiro: a margem de lucro dessas varejistas na venda de Macs era baixa, algo que não incentivava vendedores a recomendá-los. Além disso, os próprios funcionários dessas redes não eram bem treinados para lidar com o sistema operacional dos computadores Apple, e muitas vezes direcionavam consumidores para PCs com Windows.

Em 1998, Tim Cook (hoje, CEO1 da empresa) atuava como vice-presidente sênior de operações mundiais e, tendo em vista todos esses problemas, cortou a parceria da Maçã com todas as varejistas parceiras (exceto a CompUSA).

Steve Jobs, então, começou a estudar novas maneiras de vender e exibir os produtos da marca de maneira física, que pudesse fazer jus à experiência proporcionada por eles. Ele fez parceria com grandes nomes da indústria de varejo e, em 19 de maio de 2001, as duas primeiras Apple Stores foram abertas ao público — uma localizada na Virgínia e outra na Califórnia.

Centenas de outras lojas foram abertas nos Estados Unidos e no mundo e, com o tempo, elas foram recebendo novas tendências de conceito, design, arrumação e funcionamento.

As Apple Stores como conhecemos hoje são muito diferentes daquelas que estrearam, em 2001. Muitas das mudanças da última década foram impulsionadas por Angela Ahrendts, ex-CEO da Burberry que assumiu o papel de vice-presidente sênior de varejo da Apple entre 2014 e 2019.

Publicidade

Nos últimos anos, as lojas da Maçã ganharam novos conceitos, incluindo as sessões do Today at Apple, as praças ao seu redor como espaços de convivência, novas formas de operação, interação e até a presença de árvores no interior das lojas.

Vamos explorar, a seguir, as lojas que mais impactaram mudanças à sua volta e em consumidores ao redor do mundo. Vale notar que essa lista não está em ordem de beleza, nem nada parecido. 😉

Apple Champs-Élysées (Paris, França)

Apple Champs-Élysées em Paris (França)

Paris é uma cidade inesquecível, e a Apple não poderia passar batida por lá. A Maçã possui três lojas na cidade, e a mais impressionante fica em uma das avenidas mais conhecidas do mundo: a Champs-Élysées.

Inaugurada em 2018, a loja está instalada em um antigo prédio residencial, datado pelas reformas parisienses de Georges-Eugène Haussmann, no século XIX. Ela foi totalmente reformada para abrigar a loja, mas manteve todos os seus elementos clássicos de design intactos.

O antigo pátio central foi adaptado e, agora, abriga o Forum e as sessões do Today at Apple. A loja ainda mantém o estilo dos antigos apartamentos parisienses, com espaços interconectados e pisos em parquet de carvalho francês.

Essa é apenas uma das lojas que mistura a arquitetura antiga e moderna de uma forma excepcional e faz jus tanto à rua quanto à cidade onde está localizada.

Apple Via del Corso (Roma, Itália)

Apple Via del Corso

Roma é uma cidade de extremo valor histórico, e a empresa mantém esse espírito aceso com a Apple Via del Corso — localizada no coração de Roma, no andar térreo do Palazzo Marignoli (construído em 1873 pelo arquiteto Salvatore Bianchi).

Essa é a 17ª loja da Maçã na Itália, e foi um dos projetos de restauração mais desafiadores que ela já enfrentou junto à firma de arquitetura Foster + Partners. A empresa preservou todos os elementos arquitetônicos da loja, incluindo, principalmente, o piso e os detalhes nas paredes em mármore de Carrara.

O antigo salão de bailes do palácio agora abriga as seções do Today at Apple, enquanto na parte de fora há um pátio repleto de árvores Camphora nativas.

Apple Marina Bay Sands (Singapura)

Esta é a primeira “loja flutuante” da Maçã, e é claro que ela não podia ficar de fora da nossa lista.

A Marina Bay Sands foi inaugurada em setembro do ano passado, e basicamente flutua sobre as águas da Marina Bay, em Singapura.

Embora por fora ela aparente ser um globo de vidro listrado, por dentro podemos ver que a sua estrutura é coberta por brises (persianas) horizontais, que protegem o interior da loja do sol.

A construção é composta de 114 painéis de vidro, e a sua estrutura é formada por apenas 10 montantes verticais. O globo viabiliza um visão 360º da cidade para os visitantes, e é simplesmente impressionante ver a relação dela com o seu entorno.

Apple Central World (Bangkok, Tailândia)

Essa lindíssima loja foi inaugurada em 2020, está localizada no centro da cidade de Bangkok e se integra perfeitamente com a praça Central World.

A Apple Central World possui dois andares e uma forma circular, totalmente circundada por vidro. No entanto, o ponto que mais chama atenção na obra é a sua estrutura central — construída totalmente em madeira, ela abriga um elevador cilíndrico exclusivo e suporta o peso do restante da arquitetura.

A escada de aço inoxidável ao redor do núcleo é outro ponto de destaque. Há, também, um acesso à loja pelo piso superior, de onde é possível atravessar uma passarela até o maior shopping de Bangkok.

Apple Michigan Avenue (Chicago, EUA)

Apple Michigan Avenue

Chicago é uma cidade esplendorosa no quesito arquitetura. É local de atuação do renomado arquiteto Frank Lloyd Wright e vista por muitos como o berço dos arranha-céus. Então, não é de se estranhar que a Apple tenha construído uma loja flagship fantástica por lá.

Inaugurada em 2017, a Apple Michigan Avenue substituiu a antiga flagship da empresa, a Apple North Michigan Avenue (inaugurada originalmente em 2003). A nova loja fica entre a Pioneer Court, uma das avenidas mais importantes da cidade e o Rio Chicago.

A loja possui uma fachada toda em vidro (com 10m de altura) e uma grande praça ao seu redor. O detalhe aqui fica para a construção, que é sustentada por apenas quatro pilares internos e aguenta uma cobertura esbelta, que mede 34x30m e é totalmente construída em fibra de carbono (com revestimento interno em madeira), assim como o do Steve Jobs Theater, no Apple Park.

Apple Zorlu Center (Istambul, Turquia)

Apple Zorlu Center

“Simplicidade ao extremo” é como eu definiria essa loja que já foi até premiada pela sua arquitetura — e que, mesmo minimalista, chama a atenção acima de qualquer outra loja no complexo Zorlu Center.

Essa foi a primeira Apple Store a ser inaugurada na Turquia e, assim como a loja da Quinta Avenida (em Nova York), é totalmente subterrânea. No nível da praça, há um bloco com fachada de vidro que permite ver diretamente o interior da loja no subsolo, circundado por um espelho d’água.

Os painéis de vidro medem nove metros de altura e não possuem nenhuma junta, suportando uma levíssima cobertura de fibra de carbono.

A loja possui dois níveis subterrâneos e é iluminada por meio da abertura superior e claraboias, que com a ajuda de superfícies de aço inoxidável no interior refletem e recaem a luz natural cuidadosamente sobre os ambientes.

Apple Carnegie Library (Washington D.C., EUA)

Fachada da Apple Carnegie Library

Localizada na capital americana, a Apple Carnegie Library foi inaugurada em 2018, e se instala em um antigo prédio onde, até 1972, funcionava uma biblioteca pública — fundada por Andrew Carnegie, em 1903.

Após um extenso período abandonada, o ex-diretor de design da Maçã, Jony Ive, em uma parceira com o escritório de arquitetura Foster + Partners, tomou conta do processo de reforma e restauração do local.

Tanto o seu exterior quanto o jardim ao seu redor foram totalmente revividos. Ao entrar no prédio, você se depara com a escadaria original (dos dois lados) de três andares com corrimões de bronze.

Seguindo em frente, há uma moldura com os nomes de antigos intelectuais como Platão, Homero e Galileu, inscrita e folheada a ouro; logo em seguida, temos o Forum.

Há um século, o espaço ao lado era um dos acervos da biblioteca e hoje conta com mesas de treinamento, um local para esperar por seu compromisso ou aprender com os especialistas da equipe da Apple.

Janelas altas são ladeadas por colunas em mármore branco de Vermont, enquanto novas claraboias aumentam o sentimento de amplitude e banham os ambientes com luz natural. Já as alas leste e oeste do prédio, onde antes estavam localizadas as áreas de leitura, são destinadas à vitrine dos produtos da empresa.

Apple Dubai Mall (Dubai, Emirados Árabes Unidos)

Apple Dubai Mall

Não é de se espantar a grandiosidade dessa loja, pois está situada dentro do maior shopping do mundo, o Dubai Mall; ela fica em frente ao arranha-céu Burj Khalifa, o prédio mais alto do mundo.

A fachada desta loja é o seu diferencial. Ela é composta por painéis de vidro curvo com 57 metros de extensão e possui janelas elétricas, que se abrem/fecham para prover uma maior circulação de ar dentro da loja — evitando o uso de ar-condicionado.

Apple Dubai Mall

Ah, e não são somente as janelas que possuem mecanismos de rotação. Os próprios canteiros das árvores giram para garantir que elas recebam luz solar de forma uniforme.

Como dá para notar, a luz do sol é usada em abundância no projeto da loja e cria diferentes ambiências de acordo com a sua incidência. Já a varanda na parte frontal tem vista para a Dubai Fountain, e é um ótimo local para se apreciar a paisagem.

Apple Tower Theatre (Los Angeles, EUA)

Essa é uma das lojas mais recentes da Maçã, e se instala em um prédio onde, durante décadas, funcionou um dos principais cinemas de Los Angeles — um símbolo da Era de Ouro de Hollywood.

O prédio foi inaugurado em 1927 e projetado pelo arquiteto de cinemas S. Charles Lee, com uma sala de apresentações capaz de acomodar até 900 pessoas. Com o tempo, o prédio foi sendo abandonado e, em 1988, foi fechado permanentemente até que houve o interesse da Apple em restaurá-lo.

A Maçã realizou um trabalho intenso de restauração e reforma — como sempre, junto à firma de arquitetura Foster + Partners —, modernizando os espaços ao mesmo tempo em que se mantiveram os elementos arquitetônicos que tornam esse um local tão especial. Você pode conferir mais fotos e detalhes dessa obra nesse artigo.

Apple Piazza del Liberty (Milão, Itália)

Apple Piazza Liberty

Em 2018, a Apple inaugurou a loja com uma das fachadas mais distintas de todos os tempos: a Apple Piazza del Liberty, localizada na Praça da Liberdade, na cidade de Milão (Itália).

O projeto se integra muitíssimo bem aos seus arredores através de uma praça pública e uma escadaria perfeita para apreciar, vejam só, a “dramática” fonte de vidro (como descreve a Maçã) que esconde a entrada para a loja.

A cascata cria uma experiência multissensorial para quem está entrando na loja, e a combinação da água com o principal material do espaço, a pedra Beola Grigia (muito utilizada em Milão, com características naturais únicas e irrepetíveis), é simplesmente fantástica.


E aí, o que acharam do nosso Top 10? Pode ser que você não concorde com todas as listadas acima ou, então, ficou chateado que a sua favorita não foi inclusa (desculpe, Quinta Avenida). Mas, com certeza, há pelo menos cinco lojas nessa lista que você gostou! 😛

Vale lembrar que essa foi uma lista totalmente subjetiva, então, fique à vontade para comentar qual ficou faltando, na sua opinião.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Casal olhando para iMac

Os 5 artigos mais lidos no MacMagazine: de 8 a 15 de agosto

Próximo Artigo
Memojis

Como salvar Memojis e Animojis como uma imagem [iPhone, iPad e Mac]

Posts Relacionados