O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

AppleCare+

AppleCare+ para Macs agora pode ser adquirido anualmente

Um pouco mais caro, porém muito mais flexível

Boas notícias para quem comprou um Mac recentemente ou pretende fazê-lo no futuro: as opções de compra do AppleCare+ ficaram bem mais flexíveis, como notou Mark Gurman (da Bloomberg) na sua newsletter mais recente.

Publicidade

Anteriormente, ao adquirir o plano de garantia estendida da Apple, você só podia fazê-lo numa modalidade única de três anos. Agora, consumidores poderão contratar o AppleCare+ como uma assinatura anual — que acaba sendo um pouco mais cara na soma final, mas dá mais flexibilidade para quem quiser/precisar cancelar antes dos três anos fixos.

Tomando como exemplo o MacBook Pro de 16 polegadas, o preço para adquirir os três anos de AppleCare+ para o computador é de US$380 (nos Estados Unidos). Optando pela nova assinatura anual, você pagará US$140 ao ano — totalizando, portanto, US$420 (US$40 a mais) ao final dos três anos, mas com a possibilidade de cancelar o plano anteriormente, caso você prefira, perca ou venda a máquina.

Já no caso do MacBook Air (M1), o plano de três anos do AppleCare+ sai por US$200 após uma redução recente nos valores. Quem optar pelo pagamento anual, por sua vez, pagará US$70 por ano, gastando US$10 a mais ao fim dos três anos.

Publicidade

Vale notar que, alguns meses atrás, a Apple passou a permitir que donos de Macs estendam a cobertura do AppleCare+ para além dos três anos originais — pagando, justamente, os valores da “assinatura” descritos acima a partir do quarto ano. A novidade, portanto, simplesmente chegou para oferecer essa flexibilidade já a partir do primeiro ano, caso o consumidor prefira.

Vale notar que iPhones e iPads também contam com uma opção de pagamento “parcelado”, mas nos casos desses aparelhos, tudo é feito mensalmente — e não anualmente, como nos Macs.

Como sempre, lembramos que o AppleCare+ não é vendido oficialmente no Brasil, mas é atendido normalmente por aqui nas lojas da Apple ou na rede autorizada da empresa — e o melhor: sem cobrança de taxas. Nesse artigo, damos o caminho das pedras para quem quiser adquirir o plano no Brasil (ou em Portugal); nesse outro, explicamos a diferença entre o AppleCare+ e o AppleCare Protection Plan — este sim, disponível para venda no Brasil (e mais simples, por assim dizer).

Boa novidade, não?

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Today at Apple na China

Apple recua e adia retomada presencial do "Today at Apple"

Próximo Artigo
iPhone sem serviço

iOS 14.7.1: usuários relatam ausência de sinal e superaquecimento [atualizado]

Posts Relacionados