O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Twitter inclui Spaces na API e testa botão para posts enganosos

Mais novidades para a rede social do passarinho

Mais um dia, mais novidades no Twitter.

Publicidade

Hoje, especificamente, são duas: uma destinada a desenvolvedores e outra para o público geral, mas ainda em fase de testes. Vejamos!

API para Spaces

Depois de um período deveras turbulento, o Twitter tem dedicado muitos esforços a “consertar” a sua nova API e fazer com que ela atenda satisfatoriamente a desenvolvedores, pesquisadores e acadêmicos. Pois agora, a rede anunciou que incluirá endpoints dos Spaces, suas salas de áudio semelhantes ao Clubhouse, na API.

Twitter Spaces

Com a novidade, desenvolvedores poderão incluir os Espaços nas suas criações e permitir que usuários interajam com o recurso — seja descobrindo salas de conversa do seu interesse, juntando-se às conversas desejadas ou ativando notificações para Spaces agendados.

Para as próximas atualizações da API, a equipe do Twitter pretende oferecer ainda ferramentas para desenvolvimento específico de lembretes dos Spaces e de outras ferramentas para os anfitriões das conversas. Mais detalhes sobre a novidade podem ser conferidas aqui.

Botão para denunciar conteúdo enganoso

Já do lado dos usuários, o Twitter anunciou que começou a testar um novo tipo de botão de denúncia. A ideia, aqui, é que usuários possam denunciar tweets que pareçam enganosos ou suspeitos.

A diferença em relação às ferramentas de denúncia existentes hoje é que, atualmente, você só pode denunciar um conteúdo por spam, conteúdo abusivo ou nocivo, ou outros aspectos “concretos”, que requerem análise imediata do Twitter.

Estamos testando um recurso para você denunciar tweets que pareçam enganosos — na sua concepção. A partir de hoje, alguns usuários nos Estados Unidos, na Austrália e na Coreia do Sul terão a opção de marcar um tweet como “é enganoso” ao clicar para denunciá-lo.

Estamos analisando se esta é uma abordagem efetiva, por isso o início lento. Pode ser que nós não apliquemos ações e não podemos responder a cada denúncia no experimento, mas suas interações nos ajudarão a identificar tendências para que possamos melhorar a velocidade e a eficiência do nosso trabalho maior contra a desinformação.

Com a denúncia de tweets suspeitos, a rede não necessariamente analisará aquele conteúdo na primeira denúncia — em vez disso, o botão servirá para que a plataforma monitore tendências e, com isso, aja em situações nas quais seja apropriado marcar o conteúdo como falso ou enganoso.

É provável, inclusive, que os testes estejam relacionados aos selos de conteúdo enganoso descobertos por Jane Manchun Wong há alguns meses.

De qualquer forma, a ferramenta começará sendo testada com um número pequeno de usuários nos Estados Unidos, na Austrália e na Coreia do Sul. Caso o experimento dê certo, é possível que vejamos sua expansão definitiva para o resto do mundo.


Ícone do app Twitter
Twitter de Twitter, Inc.
Compatível com iPadsCompatível com iPhonesCompatível com Apple TV
Versão 8.83 (146.9 MB)
Requer o iOS 13.4 ou superior
GrátisBadge - Baixar na App Store Código QR Código QR

Ícone do app Twitter
Twitter de Twitter, Inc.
Compatível com Macs
Versão 8.82 (81.6 MB)
Requer o macOS 10.15.4 ou superior
GrátisBadge - Baixar na Mac App Store Código QR Código QR

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Apple Podcasts

Bugs e custos: criadores criticam plataforma Podcasts, da Apple

Próximo Artigo
Tim Robbins

Apple TV+: Tim Robbins junta-se a Rebecca Ferguson em "Wool"

Posts Relacionados