O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

BongkarnGraphic / Shutterstock.com
Busca do Google em iPhone

Google pagará US$15 bi para continuar como buscador padrão do Safari

Não é novidade nenhuma que o Google paga anualmente uma fortuna à Apple para ser o buscador padrão do Safari em iPhones, iPads e Macs.

Publicidade

Em 2018, nós noticiamos, o valor pago foi de US$9 bilhões; em 2019, US$12 bi; um ano depois, US$10 bi; e, este ano, a quantia poderá chegar a US$15 bilhões, tal como apontou o analista Toni Sacconaghi da Bernstein, segundo uma nota publicada por Philip Elmer-DeWitt no Ped30.

E não para por aí: a tendência é que a bagatela aumente ainda mais no próximo ano e fique entre US$18 e US$20 bilhões. De acordo com a Bernstein, o Google está pagando quantias cada mais altas para que a Microsoft, dona do Bing, não o supere.

Ainda assim, o acordo entre o Google e a Apple está na mira de alguns órgãos reguladores e corre o risco de sofrer algumas modificações nos próximos anos. Dessa forma, uma decisão adversa às empresas poderá resultar em um impacto de 4% a 5% no lucro da Maçã. Isso, claro, sem contar que a qualquer momento o Google pode renegociar seus termos e pagar menos.

Publicidade

Apesar de alguns analistas acreditarem que o Google seja o responsável direto por 20% da receita de serviços da Apple, há rumores de que a Maçã esteja desenvolvendo seu próprio buscador — há quem acredite que ele já esteja inclusive em pleno funcionamento.

Aguardemos, portanto, os desdobramentos dessa interessante história… 🔎

via 9to5Mac

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Ourocard Mastercard no Apple Pay

Cartões Mastercard do BB voltam a ser liberados no Apple Pay

Próximo Artigo
Alerta de eco no Google Meet

Google Meet avisará quem estiver causando eco na chamada de vídeo

Posts Relacionados