O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

ECG no Apple Watch

Apple Watch poderá monitorar pressão arterial, temperatura, glicose e mais

A empresa quer colocar o pacote completo no Apple Watch, mas isso não é simples…

Muito tem se falado sobre o “Apple Watch Series 7”, afinal o lançamento dele está aí, dobrando a esquina. Aparentemente — pelo menos segundo os rumores —, a nova geração do relógio não trará nenhuma grande novidade relacionada a sensores de saúde, mas isso não quer dizer que os planos da empresa não sejam ambiciosos nesse terreno.

Publicidade

Segundo o Wall Street Journal, a Apple quer adicionar uma série de novos recursos de saúde ao seu relógio, incluindo tendências de pressão arterial, termômetro (que poderia ser usado para fertilidade e monitoramento de sono), detecção de apneia do sono e, é claro, monitoramento de glicose. Tais recursos (pelo menos parte deles) são aguardados para, no mínimo, 2022.

Pressão arterial

O recurso de monitoramento da pressão arterial seria usado para detectar quando a pressão está aumentando e poderia, também, destacar a presença de hipertensão. A Apple pretendia lançar o recurso no ano que vem, mas está com dificuldades em deixar tudo pronto.

Isso porque, ao contrário dos métodos tradicionais e mais utilizados (que medem a pressão arterial usando um manguito inflável enrolado na parte superior do braço), o sistema da Apple usaria sensores para medir a velocidade da onda de um batimento cardíaco através das artérias do usuário. O Apple Watch mostraria, então, como está a tendência de pressão arterial, mas ele não seria capaz de fornecer uma medição da pressão arterial sistólica/diastólica — o que gerou questionamentos internos sobre a real utilidade do recurso.

Publicidade

Paralelamente, a Apple também estaria estudando o monitoramento da pressão arterial com um dispositivo adicional, sem braçadeira e sem precisar inflar, que poderia fornecer essa leitura.

Termômetro

Sobre o termômetro, aparentemente ele seria (como falamos) destinado a planejamento de fertilidade, dando às mulheres uma visão sobre seu ciclo de ovulação. Além disso, ele também seria usado na detecção aprimorada de padrões no rastreamento do sono. Apenas no futuro esse termômetro seria utilizado para detectar quando um usuário está com febre — vai entender… 🤷🏻‍♂️

Apneia do sono


A detecção de apneia do sono seria feita usando o sensor que monitora o nível de oxigênio no sangue. Contudo, a empresa estaria sofrendo para fazer essas leituras numa frequência suficientemente boa sem acabar com a bateria do relógio.

Monitoramento de glicose

Esse rumor já circula há um bom tempo e continua de pé, segundo o WSJ. A Apple ainda pretende implementar o monitoramento de glicose (algo essencial para diabéticos) no Watch, mas também estaria enfrentado desafios com a medição não invasiva.

A empresa estaria trabalhando com a Universidade Nacional de Singapura em um projeto de pesquisa para examinar o estilo de vida de pessoas pré-diabéticas que usam dispositivos de monitoramento de glicose no sangue.

Novos recursos para Apple Watches existentes

Paralelamente aos novos recursos descritos acima — muitos deles com base em novos sensores —, a Apple também estaria pressionando a FDA (Food and Drug Administration, a “Anvisa dos Estados Unidos”) a aprovar uma série de atualizações para os modelos existentes do relógio.

Entre os possíveis novos recursos, teríamos um o qual permitira que pessoas com fibrilação atrial usem o Apple Watch para monitorar sua condição ao longo do tempo (atualmente, o relógio só procura sinais de fibrilação em pessoas que não têm essa condição) e outro que alerta usuários caso seus níveis de oxigênio no sangue caiam.

Publicidade

Como sempre, planos podem mudar. Tudo isso que está sendo estudado/investigado agora pela Apple poderá ser lançado num futuro não muito distante, como também poderá ser cancelado caso a empresa tenha dificuldade em progredir.


Apple Watch Series 6
Apple Watch Series 6 de Apple Preço à vista: a partir de R$4.769,10
Preço parcelado: em até 12x de R$441,58
Tamanhos: 40mm ou 44mm
Materiais: alumínio, aço inoxidável ou titânio
Características: GPS ou GPS + Cellular
Cores: diversas
Lançamento: setembro de 2020

Apple Watch SE
Apple Watch SE de Apple Preço à vista: a partir de R$3.419,10
Preço parcelado: em até 12x de R$316,58
Tamanhos: 40mm ou 44mm
Material: alumínio
Características: GPS ou GPS + Cellular
Cores: prateada, dourada ou cinza-espacial
Lançamento: setembro de 2020

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão por cada venda concluída por meio dos links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Today at Apple Creative Studios: Sentrock

Today at Apple tem sessões presenciais retomadas na Europa

Próximo Artigo
LinkedIn Stories

LinkedIn matará seus Stories no fim de setembro

Posts Relacionados