O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Ilustração de RISC-V

Apple estuda usar arquitetura RISC-V como alternativa à ARM [atualizado: ou não]

Duas vagas de emprego para “programador de alto desempenho RISC-V“, publicadas no site da Apple nesta semana [1, 2], apontam que a empresa está pesquisando soluções de arquitetura alternativas à ARM (Acorn RISC Machine), sugerindo que futuros designs de chips internos podem implementar a tecnologia de código aberto.

Publicidade

Ainda de acordo com a descrição das vagas, os profissionais se juntarão ao Vector and Numerics Group da Apple, que é responsável por “projetar, aprimorar e melhorar vários subsistemas embarcados rodando em iOS, macOS, watchOS e tvOS”.

Você trabalhará em uma equipe multifuncional de SW/HW que está implementando soluções RISC-V inovadoras e processos de última geração. Isso é para oferecer suporte à computação necessária para recursos como aprendizado de máquina, algoritmos de visão, processamento de sinal e vídeo.

Segundo informações do Tom’s Hardware, parece que a Apple já está implantando o RISC-V, pelo menos internamente. Nesse sentido, é possível que a companhia esteja pensando em adotar mais um processo para não depender exclusivamente da transição pro Apple Silicon.

A RISC-V é uma arquitetura de código aberto emergente, mas a possível implementação da Apple poderia permitir a construção de chips para dispositivos como iPhones, Apple Watches, MacBooks e iPads sem depender da tecnologia da empresa Arm, a qual requer licenciamento (ou seja, dinheiro).

Publicidade

Nesse sentido, é possível que a tecnologia possa realmente ajudar a Apple a cortar custos na construção de produtos. No entanto, resta saber até onde a empresa poderia levar a tecnologia, e se ela poderia ser usada em toda a sua linha de produtos ou apenas em certas situações.

via iMore

Atualização03/09/2021 às 11:50

Segundo Ben Lovejoy, do 9to5Mac, é “extremamente improvável” que a Maçã esteja se dedicando ao RISC-V para migrar ou mesmo substituir a arquitetura ARM, atualmente usada.

Publicidade

Alternar arquiteturas é uma tarefa gigantesca, envolvendo anos de planejamento e preparação. Se a Apple pretendesse mudar para chips RISC-V, quase certamente o teria feito antes de trocar seus Macs de Intel para ARM.

Além disso, é citado, ainda, o fato de o escopo de atuação da vaga de trabalho ser muito específico — como mencionamos, precisamente no Vector and Numerics Group da Apple, responsável por projetar subsistemas integrados em Macs, iPhones, Apple Watches e Apple TVs.

De acordo com a CNET, isso poderia indicar que o uso do RISC-V ocorreria no suporte de hardware, não no processador principal que alimenta um dispositivo de computação. Vale notar que Apple possui um coprocessador especificamente para tarefas de IA (Neural Engine), então o trabalho pode estar relacionado a uma versão futura dessa tecnologia.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Mockup: "Apple Watch Series 7"

Novo Apple Watch poderá ser incompatível com pulseiras atuais

Próximo Artigo
Apple TV+

Apple TV+: "The Fight Before Christmas" estreará em 26/11

Posts Relacionados