O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

MacBook Pro com a tela rachada

Ação coletiva acusa Apple sobre telas defeituosas de MacBooks M1

Há algumas semanas, comentamos um problema que alguns donos de MacBooks Air e Pro com processador M1 estavam sofrendo, no qual a tela dos notebooks simplesmente rachariam do nada.

Publicidade

Agora, parece que a Maçã terá que enfrentar uma ação coletiva por conta desse problema. Os clientes afetados não apenas disso, como também alegam práticas comerciais fraudulentas, má conduta no atendimento ao cliente e violação da lei do consumidor por parte da Apple.

Porém, não são só as telas rachando que têm causado estresse em consumidores. Muitos também dizem que seus aparelhos passaram a exibir linhas pretas horizontais e verticais que praticamente os inutilizam. Eles alegam que esses defeitos não são fruto de falta cuidado, mas um problema no hardware em específico.

Segundo o processo:

Publicidade

Muitos proprietários dos laptops da classe [MacBooks] relataram que primeiro observaram rachaduras e/ou mau funcionamento da tela ao abrirem seus dispositivos de uma posição fechada. Outros relatam que suas telas racharam quando ajustaram o ângulo de visão da tela de maneira normal.

O processo aberto nesta semana, no Distrito Norte da Califórnia, acusa a Apple de anunciar falsamente os monitores do MacBook Pro e Air‌ como de qualidade, confiabilidade e durabilidade, apesar de ela alegadamente saber dos seus defeitos.

De acordo com o caso, a Apple já deveria estar ciente desses problemas durante os seus rigorosos testes e, mesmo assim, decidiu por lançar as máquinas — se envolvendo, assim, em práticas comerciais fraudulentas e enganando consumidores.

O processo ainda acusa a Apple de violar as leis do consumidor ao se recusar a consertar os monitores — alguns clientes tiveram que pagar taxas de US$480 ou até US$615 para o reparo —, mesmo eles estando na garantia.

Publicidade

De fato, alguns resíduos deixados sobre o teclado do MacBook quando a sua tampa é fechada podem causar danos, mas o processo declara que a quantidade de consumidores com esse problema revela um defeito na fabricação. A ação ainda alega que, pelo fato de o problema afetar os próprios displays, a troca não faria diferença, visto que eles poderiam voltar a ocorrer.

Por enquanto, o processo não está solicitando danos ou compensação monetária da Apple, mas sim pedindo que ela reveja o seu marketing enganoso e garanta o reparo correto dos display afetados.

A empresa tem 30 dias (a partir de 30 de agosto) para agir. Caso nenhuma ação por parte da Maçã seja tomada nesse tempo, o processo seguirá em busca de indenização por danos (ainda não quantificados) — até o momento, eles podem exceder os US$5 milhões.

Publicidade

Um porta-voz da Apple se recusou a comentar.

via MacRumors

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
Foto da série "Ted Lasso"

"Ted Lasso" leva 3 prêmios dos críticos dos EUA, incluindo série do ano

Próximo Artigo
Caixa do iPhone 12

Grupo taiwanês pede investigação por falta de carregadores dos iPhones

Posts Relacionados