O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

GIF animado da Carteira MagSafe com iPhone 12 Pro

Nova Carteira MagSafe é integrada ao Buscar, mas com limitações

Se você usar uma capa MagSafe transparente, pode dar adeus à integração

Já falamos sobre a enxurrada de novos acessórios lançados pela Apple após o evento de ontem — temos de tudo, desde novas capas para iPhones e iPads até pulseiras, cabos e carregadores para o Apple Watch e acessórios para o AirTag. De toda a nova turma, entretanto, um componente específico chamou atenção: uma versão atualizada da Carteira MagSafe.

Publicidade

O update foi até citado brevemente na keynote de ontem, com a menção de que a nova carteira funciona com o aplicativo Buscar (Find My) e, no caso de se desprender do seu iPhone, pode indicar o local onde ocorreu essa desconexão. O problema é que, bom, essa rápida explicação fala muito pouco sobre como o acessório de fato funciona.

Ao contrário do que se poderia imaginar, a Apple não colocou um AirTag dentro da nova Carteira MagSafe. Uma vez separada do iPhone, ela não pode ser “encontrada” por outros dispositivos nem emitir o sinal do Modo Perdido. A diferença desta nova versão é um recurso, provavelmente habilitado por alguma pequena mudança de hardware, que avisa ao iPhone quando ocorre a desconexão do acessório e permite que o aparelho notifique o usuário e registre a localização da carteira naquele momento.

A nova carteira é compatível com todos os iPhones 12 e 13, e também com as capas de silicone e couro com MagSafe. Curiosamente, entretanto, há uma limitação: a capa transparente com MagSafe não é compatível com os recursos de integração com o app Buscar — você poderá usar a carteira conectada à case, claro, mas não terá a notificação nem o local de desconexão.

Publicidade

A Apple não divulgou as razões dessa limitação, mas em uma discussão no Twitter, o YouTuber Michael Kukielka e o desenvolvedor Guilherme Rambo especularam os motivos. Segundo Rambo, é possível que a Apple tenha precisado acomodar um chip NFC maior nas capas para transmitir a identificação do dispositivo e habilitar o funcionamento da tecnologia — algo que não seria possível na case transparente sem alterar o seu design.

A integração da nova Carteira MagSafe ao app Buscar está meio que me confundindo. É um componente de hardware? Tem uma bateria lá dentro?

A questão é que essa integração também funciona com as novas cases MagSafe de silicone e couro, mas NÃO com a case transparente. Então se a novidade é de software, por que a capa transparente ficou de fora mesmo sendo também MagSafe? Me parece que há um componente de hardware.
Provavelmente ela requer algo que transmita uma identificação única de dispositivo via NFC ao iPhone e eles não conseguiram incluir isso na case transparente (um chip NFC maior, talvez?)

Até onde eu sei, os modelos anteriores só transmitiam o modelo e a cor da case para que o sistema pudesse exibir as animações específicas. As carteiras integradas ao Buscar são emparelhadas de fato com o iPhone, então mais dados precisam ser transmitidos entre o dispositivo e a capa.

Então aí está. Pelo visto, há um componente de hardware mediando essas novas características, e é necessário ficar atento às limitações para não ficar de fora das novidades.

Vale notar que, embora a Carteira MagSafe continue idêntica externamente, seu código de modelo mudou: a geração anterior tem o código MK0E3ZM/A, enquanto a nova — já integrada ao app Buscar — tem o código MM0Q3ZM/A.

NOTA DE TRANSPARÊNCIA: O MacMagazine recebe uma pequena comissão por cada venda concluída por meio dos links deste post, mas você, como consumidor, não paga nada mais pelos produtos comprando pelos nossos links de afiliado.

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior
iPhone com a Siri sendo acionada

Siri ganhou fala mais natural em português do Brasil; entenda o motivo

Próximo Artigo
Tim Cook

Tim Cook está na lista da TIME dos 100 mais influentes do mundo

Posts Relacionados