O melhor pedaço da Maçã.
MM News

Receba os nossos principais artigos diariamente, por email.

Xiaomi 11T Pro chega com recarga de 120W; Mi Band 6 ganha NFC

Também temos um novo tablet que poderá fazer boa concorrência ao iPad Air

No começo da semana, os holofotes foram todos da Apple, mas o alucinante mundo tecnológico precisa seguir seu caminho — e a Xiaomi já tratou de anunciar uma nova leva de produtos para este segundo semestre.

Publicidade

Vamos dar uma olhada?

11T e 11T Pro

Os novos smartphones da chinesa começam anunciando o fim da marca Mi: a partir de agora, os aparelhos serão conhecidos apenas por seus números de versão e eventuais sufixos. Ambos são bem parecidos, com dimensões idênticas, tela AMOLED1 FHD+ de 6,67 polegadas e taxa de atualização de 120Hz; os dois têm 8GB de RAM2 e bateria de 5.000mAh.

Xiaomi 11T Pro

As câmeras também são iguais: temos três sensores traseiros, sendo um principal de 108 megapixels, uma grande-angular com 8MP e com ângulo de visão de 120º e uma telemacro de 5MP. Na frente, a câmera de selfies tem 16MP.

O 11T Pro, que é o mais avançado da linha, tem um processador Snapdragon 888 — que habilita a captura de vídeos 8K e HDR10+, entre outros recursos adicionais. Ele também tem som da Harman Kardon e é capaz de reproduzir conteúdos em Dolby Atmos. O 11T comum, por sua vez, tem o processador MediaTek Dimensity 1200-Ultra, um pouco mais modesto.

Xiaomi 11T

Outro diferencial (aliás, o principal diferencial) do 11T Pro tem a ver com o seu carregamento: ele é o primeiro smartphone da Xiaomi a incorporar uma tecnologia anunciada já há algum tempo, que permite carregar o aparelho a — respirem — 120W. O carregador, incluído na caixa, consegue completar a bateria em 17 minutos, e o dispositivo tem várias tecnologias para evitar o superaquecimento e a diminuição da vida útil da bateria. O 11T comum, por sua vez, também não decepciona: sua recarga pode chegar a 67W e ele pode ser completamente carregado em 37 minutos. 🔋

Os novos smartphones da Xiaomi serão lançados na Europa nas próximas semanas, e os preços são relativamente camaradas: o 11T parte dos 500€ e o 11T Pro dos 650€, ambos com 128GB de armazenamento. A fabricante lançará também o 11 Lite 5G Ne, com processador Snapdragon 778 e 6GB de RAM; seus preços partirão de 370€.

Pad 5

A segunda novidade é um concorrente de peso para os iPads e iPads Air: o Xiaomi Pad 5 é um tablet focado em produtividade e entretenimento, com design elegante, tela grande e uma stylus renovada, mais proativa.

Xiaomi Pad 5

Ele tem uma tela de 11 polegadas WQHD+ com taxa de atualização de 120Hz e suporte a Dolby Vision, um processador Snapdragon 860 e 6GB de RAM. Atrás, tem uma câmera de 13MP, enquanto o sensor frontal tem 8 megapixels. Assim como o iPad Pro, o tablet oferece alto-falantes quádruplos com suporte a Dolby Atmos, posicionados nas extremidades para criar a sensação de som estéreo.

A Smart Pen, que será vendida separadamente, tem 4.096 pontos de pressão, taxa de registro de 240Hz e uma série de recursos embutidos. Você pode usar a caneta para ativar rapidamente um recurso de notas instantâneas ou realizar capturas de telas, por exemplo.

Publicidade

O Xiaomi Pad 5 também terá seu lançamento inicial na Europa, por preços que partem dos 350€ (na versão de 128GB). O valor da Smart Pen ainda não foi divulgado.

Mi Band 6

Por fim, a fabricante atualizou a sua pulseira inteligente Mi Band 6, lançada em março último, com um recurso há muito pedido pelos usuários: NFC3.

Xiaomi Mi Band 6

Com a novidade, usuários da fitness band podem fazer pagamentos diretamente do pulso. O recurso foi desenvolvido em parceria com a Mastercard e estará disponível inicialmente em 19 países e territórios, com expansão programada para outros locais após o lançamento. A nova versão da pulseira também conta com a assistente digital Alexa, da Amazon, e traz todos os recursos da versão anterior, como oxímetro, monitoramento de sono e a tela AMOLED colorida.

A Mi Band 6 com NFC custará 65€ na Europa — 20€ a mais do que a versão sem o chip — e será lançada nas próximas semanas.

Outros lançamentos

Vale notar ainda outros anúncios feitos hoje pela Xiaomi: por 600€, o Smart Projector 2 consegue projetar uma imagem de até 120º mantendo o design portátil, o áudio Dolby e o sistema operacional Android TV. Além dele, a empresa lançou o sistema de roteadores mesh AX3000, que custará 150€ (já com dois módulos) e oferecerá Wi-Fi 6 dual-band com cobertura de até 370m². Ambos serão lançados na Europa em breve.


E aí, curtiram?

Ver comentários do post

Carregando os comentários…
Artigo Anterior

Suposto benchmark do iPhone 13 Pro "confirma" ganhos de GPU [atualizado: CPU]

Próximo Artigo
Produtos Apple com o AppleCare+ na frente

AppleCare+ com cobertura de roubo e perda ganha expansão internacional

Posts Relacionados